Para uma boa parcela dos aficionados por smartphones, tirar fotos com esses aparelhos é mais do que divertido: é viciante. Assim, não é de surpreender que o armazenamento do dispositivo seja ocupado completamente em pouco tempo. No caso dos usuários do Google Fotos, há um espaço considerável para que o material seja guardado na nuvem, porém, em alguns casos, nem isso parece bastar. Felizmente, a última atualização do serviço permite que você salve muito mais coisa na rede e, de quebra, ainda libera o disco do seu dispositivo.

Com uma atualização que começa a ser distribuída nesta terça-feira (17), o aplicativo de fotos da Google para o Android ganha uma série de recursos para dar uma mãozinha nessa tarefa de desafogar o sistema. A principal função do update é a ferramenta “Free Up Space” (“Liberar Espaço”), que pode ser acessada através do menu de configurações e deleta todas as imagens do armazenamento local que já tiverem ido para o backup na web. A ação exige uma confirmação do usuário, para que a empresa não se responsabiliza por alguma foto perdida.

É possível usar essa estratégia livremente ou, se preferir, só mexer na funcionalidade quando estiver quase chegando no limite do espaço online – momento em que o assistente sugere essa alternativa. Outra ferramenta incluída no pacote – e que deve aliviar os clientes de longa data do app – é a que permite deletar fotos no cartão micro SD instalado no telefone sem que haja nenhum arquivo truncado. Até então, alguns usuários sofriam com imagens “fantasma” que continuavam a aparecer na galeria do software mesmo depois de serem apagadas.

Fotos ilimitadas!

Opa, mas não pense que acabaram as opções para dar uma folga ao seu disco na nuvem! Enquanto o aplicativo já permite há algum tempo decidir se os futuros backups são feitos no tamanho Original, guardando todos os detalhes do clique, ou no formato de Alta Qualidade, que ocupa menos espaço, a opção só se amplia agora para o portal do serviço. Isso é incrivelmente útil se você é do tipo que já tinha uma batelada de coisas guardadas na web e se perguntava “por que não é possível fazer essa escolha de forma retroativa?”.

Com o limite de 15 GB na plataforma cloud da Google se tornando limitante em pouco tempo, uma redução palpável no tamanho dos arquivos ajudaria bastante a diminuir o montante ocupado na nuvem, certo? Mais do que você imagina. Isso porque os arquivos salvos em Alta Qualidade não são contabilizados para o seu espaço no Drive, permitindo que você arquive uma quantidade virtualmente infinita de fotos sem se preocupar com uma conta nada amigável a ser paga no fim do mês. Basta entrar nesta página para configurar a brincadeira.

Vale notar que, como a atualização ainda está sendo implementada pela empresa, os usuários de aparelhos Android estão recebendo a nova versão do Google Fotos em ondas. Isso provavelmente quer dizer que até o fim desta semana todo mundo terá a possibilidade de testar a funcionalidade e parar de apagar fotografias no celular e na web. Contanto que não ligue de ter imagens com uma compressão maior, claro. E você, pretende fazer uso da novidade?

Cansado de deletar fotos do celular? O Google Fotos quebra o seu galho! Comente sobre o update no Fórum do TecMundo!

Cupons de desconto TecMundo: