Assim como ocorre em diversos outros serviços de armazenamento na nuvem, o Google Drive possui a capacidade de guardar versões antigas dos arquivos que você possui em sua conta. Sendo assim, caso você faça uma edição qualquer naquele documento de texto, por exemplo, o serviço automaticamente criará uma cópia que lhe permite voltar ao estado anterior de seu trabalho, se assim for necessário.

Ainda que muitos não saibam, o Google Drive mantém até 100 revisões de um arquivo armazenadas em seu banco de dados, excluindo as mais antigas conforme novas edições forem detectadas. Além disso, versões feitas a mais de trinta dias atrás também são apagadas, visto que o serviço entende que o usuário não vai mais precisar daquela revisão.

Contudo, essa nem sempre é a realidade e muitas vezes você pode sim querer recuperar uma edição jurássica daquele documento importante, não é mesmo? Neste tutorial você aprenderá como avisar ao Google que determinada revisão de um arquivo armazenado na nuvem não deve jamais ser jogada no lixo. Dessa forma, o serviço vai manter aquela versão para sempre na sua conta, permitindo que você a acesse sempre que for necessário.

Aprenda como fazer

O procedimento é muito rápido e simples. Tudo o que você precisa fazer é acessar seu Google Drive e, antes de tudo, clicar no arquivo em questão. Ao fazer isso, um pequeno menu surge na região direita da tela: clique no botão “Mais ações” (ícone de três pontos) e selecione a opção “Gerenciar versões”. Na janela que se abre, clique na versão que você deseja e marque a caixa de seleção referente ao texto “Manter indefinidamente”.

Pronto! Basta fechar a janela de gerenciamento de versões e as revisões antigas ficarão salvas para sempre. Vale observar que esse recurso funciona tanto com arquivos externos (vídeos, imagens, PDFs etc.) quanto para documentos feitos através do Google Docs.

Cupons de desconto TecMundo: