(Fonte da imagem: Divulgação/Google)

A Google iniciou experimentos para implementar um novo sistema de segurança no Google Drive. Uma criptografia mais avançada para proteger a privacidade de quem faz uso do serviço foi descoberta pelo site Cnet.

De acordo com a página, duas fontes avisaram sobre um novo sistema de codificação para o produto de sincronização de arquivos e armazenamento na nuvem. A ideia principal, segundo o site, é garantir a proteção de documentos contra a vigilância do governo, que pode tentar ganhar acesso a arquivos armazenados.

Isso significa que a empresa não poderia divulgar documentos do Google Drive mesmo se o pedido partir da NSA (Agência de Segurança Nacional) e houver um mandado judicial.

E o período não é coincidência: o novo sistema começa a ser testado pouco tempo depois da divulgação do PRISM e da falta de privacidade na internet e em chamadas telefônicas nos Estados Unidos e em outras partes do mundo.

Cupons de desconto TecMundo: