A Forensiq, empresa de segurança, descobriu que mais de 12 milhões de smartphones caíram em uma fraude de anúncios. O golpe atingiu celulares dos três principais sistemas operacionais móveis: Android, iOS e Windows Phone.

A fraude funciona da seguinte maneira: desenvolvedores criminosos aplicam um esquema de propagandas dentro de apps legítimos (nas lojas oficiais) que roda publicidade muito mais rápido do que o comum. Ou seja, são reproduzidas até 20 peças por minuto, gerando mais rentabilidade.

Outro problema, de acordo com a Forensiq, é que em alguns casos os anúncios continuam rodando mesmo se o aplicativo for fechado pelo usuário. Eles chegam a consumir 2 GB de dados móveis do seu plano — além de acabar com a autonomia da bateria do seu celular.

Para inserir propagandas, há um custo. Por isso, a Forensiq também calculou quanto as empresas de publicidade perderam com a fraude: US$ 857 milhões (R$ 2,8 bilhões), sendo US$ 480 mi (R$ 1,5 bi) em anúncios no Android, US$ 363 mi (R$ 1,1 bi) no iOS e US$ 14 mi (R$ 46 mi) no Windows Phone.

O risco de fraude também foi calculado por sistema pela Forensiq. Veja:

  • Android: 14,80%
  • iOS: 11,69%
  • Windows Phone: 8,79%

Cupons de desconto TecMundo: