Golpe do WhatsApp Gold volta a se espalhar entre usuários do mensageiro

1 min de leitura
Imagem de: Golpe do WhatsApp Gold volta a se espalhar entre usuários do mensageiro
Fonte: CNN Turk
Avatar do autor

Aproveitando anúncios de novidades recentes do WhatsApp – como a possibilidade de usar uma nova fonte no mensageiro, por exemplo – golpistas voltaram a usar a promessa de uma versão melhorada do aplicativo para espalhar malwares entre os usuários. De acordo com informações levantadas pelos especialistas em segurança da PSafe, o software malicioso ganhou até perfis “oficiais” em redes sociais.

Enquanto no Instagram o programa envolvido no golpe conta com mais de 1 mil seguidores, a página do WhatsApp Gold no Facebook já passou das 4 mil curtidas. O ataque faz uso de engenharia social para atrair a interação de usuários de ao menos 9 países, incluindo Brasil, França, México, Rússia e EUA, entre outros. Enganadas, as vítimas acabam compartilhando a “novidade” entre suas redes de contatos, já que o download só é liberado para quem indicar 10 amigos.

Mensagens e telas usadas pelos golpistas

“Quando o usuário compartilha o link com sua rede e tenta instalar o aplicativo, é redirecionado para a instalação de outros apps na própria Google Play ou para uma página que sugere a inclusão do celular em serviços pagos de SMS. Nesta última, o usuário pode ter prejuízo financeiro sem nem mesmo ter um vírus instalado no seu celular”, ressaltou a PSafe.

Como se proteger

Para que você possa se proteger contra esse e outros tipos de golpes, a empresa indica a instalação de softwares protetores com sistema antiphising – alguns exemplos podem ser encontrados clicando aqui. Ainda assim, vale lembrar que a cautela, atenção aos detalhes e uma boa dose de informação de fontes confiáveis podem servir como uma proteção muito mais eficiente do que qualquer programa contra esse tipo de ataque.

Fontes

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Golpe do WhatsApp Gold volta a se espalhar entre usuários do mensageiro