O segredo mais mal-guardado da General Motors nos Estados Unidos foi oficializado – e está sendo expandido. Depois de vários Bolts, o pequenino elétrico da marca, serem flagrados dando umas voltas por São Francisco cheios de apetrechos e com pessoas de uma empresa chamada Cruise Automation a bordo, ficou fácil entender que a GM está investindo em veículos autônomos.

Pois bem, tudo foi oficializado, e agora a Cruise aumentou sua frota de Chevrolet Bolt para expandir sua área de testes para a região do Arizona. Os diminutos carros, munidos de câmeras trifocais e sensores LIDAR, além das ruas de São Francisco, também rodarão pelas estradas de Scottsdale.

A Cruise Automation foi comprada pela GM por US$ 1 bilhão em março deste ano e se tornou uma unidade da montadora norte-americana que está trabalhando no desenvolvimento de tecnologias autônomas.

Não há qualquer data ou informação de quando os Bolts que dirigem sozinhos chegarão ao mercado. No entanto, há uma grande expectativa de que o interesse da General Motors seja automatizar seus carros para munir outra empresa que ela adquiriu recentemente, a Lyft, uma das principais rivais do Uber – que, por sua vez, se aproximou da Ford.

Cupons de desconto TecMundo: