Desde que o Faceglória surgiu, já era esperado por boa parte do público que isso acabasse gerando problemas entre a rede social e o Facebook. E foi exatamente isso o que aconteceu dias atrás, quando a empresa de Mark Zuckerberg notificou a rede cristã extrajudicialmente por uso indevido de marca. A briga entre ambos os sites parece estar só começando, no entanto – inclusive, ela não está nem mesmo limitada ao Brasil.

Segundo o site G1, uma nova contestação de registro de marca entre as duas empresas acaba de começar. Dessa vez, porém, a briga ocorre na Espanha, local onde Acir Santos, criador do Faceglória, solicitou o registro do nome “FaceBarça” em abril deste ano, como a marca de um serviço de telecomunicações.

Uma página desse site já existe, inclusive, mas não há nada ali ainda. “Talvez nunca exista nada”, comentou Santos, sobre o caso.

Os dois lados da história

Assim como no caso anterior, o aviso veio na forma de uma notificação extrajudicial, enviada no dia 1º de julho. Segundo a Danneman Siemsen Advogados, representante legal do Facebook, tal pedido de registro seria uma “ousadia”, sendo que o Faceglória tem até o dia 13 deste mês para abrir mão do registro.

Caso isso não ocorra, a empresa fará uma oposição formal ao escritório de marcas e patentes espanhol. Mesmo se isso não for feito, de fato, o Faceglória deve enfrentar um enorme número de problemas para conseguir o registro, visto que outras companhias (cujos nomes não são reveladas pelo órgão de propriedade intelectual do país) já estão se opondo ao pedido.

Santos, por outro lado, não vê nada de grande no registro feito por ele, como seu comentário anterior nesta matéria já indicava. Para ele, a marca FaceBarça "é apenas um domínio registrado como há milhões de outros domínios registrados dos mais variados assuntos". Seja qual for o posicionamento de Santos, Sandra Leis, sócia da Danneman Siemsen Advogados, deixa bem claro que o Facebook não pretende ficar apenas na notificação.

Uma solução “pacífica”, no entanto, não é descartada. "Apesar dessa reiterada infração à famosa marca Facebook, meu cliente prefere esgotar todas as alternativas para uma solução amigável evitando assim uma oposição à marca 'FaceBarça' na Espanha, cujo prazo espira em 13 de julho próximo, além de outros procedimentos administrativos e judiciais mais custosos", disse Sandra.

Cupons de desconto TecMundo: