Vice-presidente do Facebook para a América Latina desde 2011, Alexandre Hohagen anunciou na manhã desta quarta-feira (4) que não vai mais fazer parte do quadro de funcionários da empresa de Mark Zuckerberg. 

Como é possível ver no comunicado abaixo, Hohagen deixa o Facebook para dedicar mais tempo à família, além de estar inclinado a usar a experiência e conhecimento adquiridos “para ajudar jovens empreendedores latino-americanos e organizações sem fins lucrativos da região”. 

Antes do Facebook, o executivo havia trabalhado na Google até 2011. Diferente do que aconteceu quatro anos atrás na Gigante das Buscas, dessa vez ele pretende ajudar a empresa a encontrar um substituto para o cargo, além de se comprometer a trabalhar para a empresa até que a transição seja concluída. 

Confira na íntegra o comunicado publicado em sua página no Facebook a seguir: 

Em fevereiro de 2011, iniciei a melhor jornada profissional que pude imaginar. O Facebook na América Latina nasceu na sala da minha casa. Eu ainda lembro de pedir silêncio para as minhas filhas enquanto eu entrevistava candidatos que iriam se juntar a mim nessa aventura incrível. 

Hoje, quatro anos depois, tenho o privilégio de dizer que estou ao lado dos melhores profissionais de toda a região na Argentina, Brasil, Colômbia, México e Miami. Juntos, esta equipe dá suporte centenas de empresas e colabora com milhões de pessoas que fazem parte da comunidade do Facebook. 

Tenho orgulho do que construímos nos últimos quatro anos e, mais do que isso, sou grato a todos que fizeram tudo isso ser possível. O sucesso sempre anda junto com grandes pessoas, colaboração e trabalho. E o Facebook me deu tudo isso, todos os dias. 

Estou muito satisfeito em ter construído o Facebook na América Latina. No entanto, agora é o momento de ir atrás de outros sonhos. Quero dedicar mais tempo à minha família, e também usar minha experiência e conhecimento para ajudar jovens empreendedores latino-americanos e organizações sem fins lucrativos da região. 

Sempre gostei de movimentações arriscadas e corajosas. Deixar o Facebook não seria diferente. A empresa está em um excelente momento, temos uma liderança incrível e conto com o time dos sonhos. Ter construído os fundamentos corretos do negócio faz com que essa movimentação seja mais fácil. 

Vou apoiar o Facebook na busca por outro líder que dê continuidade a essa jornada e me comprometo a ficar até completarmos a transição. 

Também quero ter um momento para reconhecer o grande impacto que essa experiência teve em minha vida pessoal e profissional, desde o dia em que a Sheryl me ligou para contar sobre os planos do Facebook na América Latina até o dia em que o David ligou para a minha casa e acabou conversando com minha esposa (que imediatamente se tornou uma grande parceira na minha saída do Google para o Facebook em 2011) e à incrível liderança da Carolyn, que se tornou não só uma grande líder, como também uma grande amiga. 

Despeço-me agradecendo a todos que se juntaram a nós nessa jornada.

Cupons de desconto TecMundo: