Alguns chamam ele de “dinossaurinho azul”, outros de “Zuckassauro” (em uma clara alusão ao nome do fundador da rede social mais importante da atualidade), mas ele ainda não possui um nome oficial. Estamos falando do simpático dinossauro que fez sua estreia como a mascote oficial das dicas de segurança e privacidade que são dadas pelo Facebook — desde a última quinta-feira isso está acontecendo.

Nos Estados Unidos, sempre que um usuário vai realizar uma postagem na rede social, é alertado pelo dinossauro sobre quais os públicos que vão receber aquelas mensagens — agora, por padrão as publicação são feitas com restrições para que apenas amigos tenham acesso, mas as alterações para o modo público ainda podem ser feitas com rápidos passos. Mas por que a escolha do dinossauro azul?

É preciso admitir que ele é muito simpático — e educado, lembrando-se sempre de pedir licença e desculpas pelo incômodo ao aparecer na tela dos consumidores —, o que pode ajudar em uma melhor aceitação das políticas de privacidade do Facebook. Antes da escolha da mascote, foram testados balões de texto e até mesmo robôs que pudessem fazer os alertas. O “Zuckassauro” venceu todos eles!

Para o The New York Times, uma gerente de engenharia da equipe de privacidade do Facebook disse que a escolha do dinossauro foi feita por ele ser muito amigável. “Depois que o testamos, vimos grandes resultados e demos as boas-vindas para ele à equipe”, afirmou Raylene Yung. Ele já pode ser visto por grande parte dos consumidores que usam o Facebook em inglês e deve ser adicionado globalmente em alguns meses.

Cupons de desconto TecMundo: