(Fonte da imagem: Reprodução/Oculus VR)

A compra da startup Oculus VR pelo Facebook por US$ 2 bilhões gerou preocupação nos fãs de realidade virtual: será que a rede social mudaria completamente o estilo do Oculus Rift para impor a identidade da empresa? Fontes ligadas ao jornal The New York Times afirmaram que sim, mas a própria empresa negou que fará algo do tipo.

Segundo o site Techcrunch, um porta-voz do Facebook disse que as mudanças "não são verdade e não estão no espírito da relação" entre a rede social e o Oculus Rift.

A afirmação faz sentido por dois motivo. Para começar, Instagram e WhatsApp, que também foram comprados pelo Facebook, não receberam modificações na interface ou na logo só para ficarem parecidos com a companhia, já que ambos possuem público próprio e fiel ao estilo original. Além disso, o Oculus Rift não possui exatamente uma interface-padrão, então qualquer sistema de navegação implementado seria uma novidade, não uma imposição dos novos donos.

Mesmo deixando a equipe trabalhar de forma independente, o Facebook deve se envolver em alguns projetos de pesquisa envolvendo realidade virtual, com resultados a serem divulgados em um futuro próximo.

Cupons de desconto TecMundo: