(Fonte da imagem: iStock)

Um estudo realizado pela instituição The Center for Eating Disorders at Sheppard Pratt apontou que as mídias sociais influenciam negativamente a percepção das pessoas sobre o tamanho do próprio corpo.

De acordo com a publicação do site PR Newswire, o centro de tratamento para transtornos alimentares observou um comportamento atípico nos usuários do Facebook e contratou uma empresa de pesquisas públicas para avaliar o quanto a rede social afeta a nossa noção de peso e consciência corporal.

No levantamento realizado com 600 internautas entre 16 e 40 anos, foi constatado que 51% dos entrevistados obtiveram uma consciência mais clara do seu corpo. Contudo, "quando as pessoas olham fotos de si mesmas e de outros contatos no Facebook, elas aumentam a insatisfação com sua imagem corporal", comentou Steve Crawford, diretor da instituição responsável pelo estudo.

(Fonte da imagem: iStock)

Além disso, 75% das pessoas acreditam que precisam perder peso; aproximadamente 32% disseram se sentir tristes quando comparam os seus perfis com o de outros usuários; um pouco mais de 50% dos participantes da pesquisa afirmam comparar as suas vidas com base nas atualizações de seus contatos; e 43% relataram que evitam tirar uma foto caso não sintam que estão em sua melhor forma.

Tais dados podem indicar uma participação da rede social no desenvolvimento de distúrbios alimentares. "Se o Facebook está aumentando a sua insatisfação com o corpo, você precisa repensar o uso do site e até mesmo considerar parar de usá-lo por um tempo", sugere Crawford.

Cupons de desconto TecMundo: