O Facebook pode estar criando o perfil de pessoas que ainda não registraram uma conta na rede social. A alegação foi feita pelo IDPC, órgão irlandês de proteção de dados e o caso foi relatado pelo jornal inglês Daily Mail.

O IDPC afirmou que os usuários da gigante rede social são encorajados a fornecer dados pessoais de quem ainda não é cadastrado, como nome, número de telefone e endereço de email e que o Facebook estaria criando “perfis sombras” dessas pessoas.

As reinvindicações foram apresentadas através da queixa do estudante Max Scherms, que solicitou à empresa o envio dos dados que o Facebook mantinha sobre ele, mesmo depois do estudante ter excluído seu perfil. Ele recebeu um CD com todas as informações, incluindo mensagens que ele tinha apagado. Scherms resolveu registrar 22 queixas no IDPC.

O Facebook negou as acusações e enfatiza que não está rastreando informações de quem não possui conta no site. O porta-voz do site, Andrew Noyes, informou que é permitido aos usuários enviar emails para os amigos convidando-os para participar da rede social. Esses emails ficam armazenados apenas para informar à pessoa que enviou os convites que as pessoas convidadas fizeram cadastro no Facebook (caso elas se cadastrem).

A rede social de Zuckerberg relatou também que as informações dos usuários não são usadas para direcionar anúncios e informações não são vendidas para outras pessoas.

Sua agenda de celular exposta

Em outro caso de “falha” de segurança, o Facebook pode ter revelando a agenda de telefone do celular dos usuários. A descoberta foi feita por Alex Muir, e o ocorrido está relatado em seu blog. Aparentemente, o que aconteceu foi que o Facebook usou o número do celular de Muir para localizar pessoas que sincronizaram seus telefones com a rede social e tem o contato dele em suas agendas telefônicas.

O caso ocorreu depois que Muir excluiu sua conta do Facebook por questões de privacidade. Muir criou uma nova conta no site com um email diferente, porque ainda precisava usar alguns aplicativos da rede social. A falha de segurança pode ter ocorrido quando o Facebook solicitou a confirmação da sua conta enviando uma mensagem para o celular dele.

Ele digitou o número do seu telefone e recebeu o código de segurança no aparelho. Depois de digitá-lo no cadastro, apareceu uma lista de sugestões de pessoas para ele adicionar, incluindo sua ex-namorada.

Já se tornaram frequentes os casos que o Facebook enfrenta problemas de segurança, como o caso do cookie que continuava monitorando os usuários mesmo depois de o usuário fazer logoff na rede social. O Facebook é maior rede social do mundo com mais de 700 milhões de usuários.

Cupons de desconto TecMundo: