Você provavelmente já viu em seu feed de atualizações no Facebook ou até fez você mesmo o teste "Qual Celebridade Você Se Parece". Essa é uma das novas modas da rede social; nela você escolhe uma foto do seu perfil e descobre — de uma maneira às vezes nada precisa — se algum ator, apresentador ou celebridade em geral é a sua cara.

Apesar de ser divertido ver o seu resultado e comentar no de outras pessoas, muita gente ficou desconfiada: afinal, será que aquilo não era só mais um vírus que se alastrou pela internet? A empresa de segurança Kaspersky Lab foi atrás e descobriu um pouco mais sobre essa brincadeira.

A palavra de quem entende

Segundo o Kaspersky Lab, a empresa responsável pelo teste se chama VonVon e não é uma ameaça direta — ou seja, não vai propagar malwares ou controlar remotamente seu computador. Entretanto, isso não significa que ela seja totalmente boazinha.

O motivo? Ela pede um acesso bastante vasto aos seus dados do Facebook, incluindo informações públicas do perfil do usuário (nome, foto do perfil, idade, sexo, idioma, país e por aí vai), além de garantir visibilidade da sua lista de amigos, do endereço de email e até das fotos postadas.

O 'Qual Celebridade Você Se Parece' não é um grande vilão, mas não tem só boas intenções

A VonVon diz nos termos de privacidade que pode usar os dados recolhidos "para promover seus produtos via email e para outros propósitos de marketing, que não são especificados" e que isso pode ser enviado "para outras empresas ou indivíduos com objetivo de 'otimizar seus serviços e funcionamento do site'".

Depende do quanto você quer ficar exposto

Em outras palavras, é possível que você receba ofertas direcionadas, convites para usar outros apps e muito mais conteúdo indesejado no seu email ou perfil do Facebook. Além disso, vai saber o direcionamento que esses dados e até as suas fotos terão na rede social. Por isso, se você quiser muito usar o app, uma possibilidade é só deixar a VonVon fuçar no que é obrigatório e desmarcar as demais caixas.

Dessa vez pode não ser algo tão grave, mas é bom ficar esperto. Para a empresa, certos apps podem afetar a privacidade do usuário de forma negativa, "instalar outros apps ou mesmo alterar a configuração do sistema operacional de um dispositivo de forma completamente legal" — tudo porque você aceitou todos os termos sem ler direito.

Cupons de desconto TecMundo: