O Facebook, ao lado do CVV (Centro de Valorização da Vida), está implementando uma ferramenta muito benéfica que funciona como um sistema de prevenção de suicídio. Se você já usa há algum tempo a rede social, deve notar que a pressão para parecer feliz é bem grande — afinal, é como um jogo de aparências. Felizmente, o Facebook sabe disso, e essa ferramenta vai permitir que você marque anonimamente posts de amigos que estejam passando por dificuldades emocionais.

Por exemplo, muitos usuários, em meio ao mar de selfies no Paris 6 e textos acariciadores de ego, postam mensagens que talvez indiquem um pedido de ajuda. Se você não sabia como agir em um caso desses, agora pode ir até a página "Prevenção de suicídio" e enviar as informações para uma equipe do Facebook.

Isso tudo é feito de maneira anônima, então você pode ajudar sem se preocupar

Outra maneira é: assim que um amigo postar um conteúdo que possa indicar uma tendência ao suicídio ou automutilação, você pode clicar em "denunciar publicação" — na seta lateral ao post. Depois, escolha "Acredito que não deveria estar no Facebook" e, na caixa "O que há de errado", uma opção relacionada ao suicídio deve aparecer.

Isso tudo é feito de maneira anônima. Tanto que, após você marcar o post, a pessoa que fez a postagem vai receber uma mensagem do Facebook alertando o seguinte: "Um de seus amigos está preocupado com você". A rede social não vai expor quem marcou a postagem e vai oferecer algumas opções ao suicida em potencial: receber dicas sobre o que fazer, conversar com um agente do CVV ao telefone ou via chat com um amigo.

Facebook lança ferramenta de prevenção

Valorize a vida

O pessoal do G1 entre conversou com Carlos Correia, voluntário do Centro de Valorização da Vida desde 1992. Correia comentou o seguinte: "Especialistas dizem que o suicídio pode ser prevenido em 90% das situações". Ou seja, você pode ajudar a aumentar essa porcentagem.

O número do CVV é 141

Como descobrir se um amigo realmente está passando por dificuldades? Correia comenta que frases simples, como "qualquer dia eu sumo", já servem como sinal. "No Facebook, isso pode se manifestar de forma mais sutil, em frases como 'estou sofrendo', em poemas de solidão postados de forma repetitiva... São sinais que vão se acumulando", explicou.

Para conversar diretamente com o Centro de Valorização da Vida, seja por você ou por um amigo, você pode acessar o site oficial clicando aqui. Além disso, caso precise conversar com alguém, faça isso: o número para atendimento 24 horas é 141.

Dê um tempo a si mesmo

O Facebook também incluiu na página "Prevenção de suicídio" algumas dicas sobre de autocuidado da Forefront e da National Suicide Prevention Lifeline. Você acompanha aqui embaixo:

"Pode ser difícil se concentrar quando você está se sentindo arrasado ou sem conseguir encontrar logo uma solução para um problema. Pare por um momento, respire fundo e dê um tempo dos seus próprios sentimentos".

  • Saia um pouco: faça uma caminhada, corra ou ande de bicicleta. Vá ao cinema. Visite um lugar novo, como uma lanchonete, museu ou parque que você ainda não conhece
  • Seja criativo: Faça um desenho simples. Faça uma refeição agradável. Escreva uma história
  • Acalme seus sentidos: Faça meditação ou ioga. Tome um banho quente. Ouça suas músicas favoritas
  • Relaxe: Olhe para o céu. Leia um livro, uma revista ou uma publicação em um blog. Tire um cochilo

Cupons de desconto TecMundo: