As inscrições do programa de colonização Mars One já foram encerradas, e entre os 100 selecionados do total de 200 mil está uma brasileira: Sandra Maria Feliciano Silva, 51, é professora em Porto Velho, Rondônia, e pretende ir até o “Planeta Vermelho” apenas com a passagem de ida – sim, quem se sujeitar à missão não poderá voltar para casa (saiba mais aqui).

Participam do processo final de seleção pessoas de diversas idades e funções sociais (com 19 anos, por exemplo, estão uma inventora australiana e uma estudante indiana; com 60, está um militar paquistanês). Grande parte dos futuros colonizadores é composta por acadêmicos e cientistas, é verdade, mas qualquer pessoa capaz de cumprir exigências mínimas impostas pela Mars One teve o direito de participar da primeira etapa do programa de seleção.

“Big Brother” com destino a Marte

Dos 100 candidatos, 24 deles serão selecionados para que equipes de quatro tripulantes possam ser enviadas a Marte. O objetivo é – mesmo! – formam uma colônia sobre o “Planeta Vermelho”. Antes de irem ao espaço, porém, os colonizadores terão de participar de um reality show para provarem suas capacidades de socialização perante o mundo todo. O show será transmitido em rede global, e qualidades como criatividade, curiosidade, resiliência e engenhosidade serão avaliadas pelos cientistas de Mars One.

De acordo com o Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), os exploradores conseguiriam sobreviver por somente 68 dias caso pousassem sobre solo marciano. A pesquisa, naturalmente, leva em conta a tecnologia atual. O voo para Marte deverá ser realizado em 2022 ou 2023; a viagem até o planeta vai durar sete longos meses.

Cupons de desconto TecMundo: