Após mais de uma década viajando pelo terreno de Marte, o robô Opportunity está passando por problemas que impedem que ele grave novos dados. Segundo a NASA, o problema é causado por falhas em seu sistema de armazenamento flash, o que faz com que o dispositivo passe por alguns momentos de “amnésia”.

Segundo o gerente de projeto John Callas explicou à Discovery News, o robô usa dois tipos de memória: uma volátil e a outra não volátil. Enquanto a primeira funciona de forma semelhante a um pente de RAM — sendo apagada toda vez que o aparelho é desligado —, a segunda guarda dados importantes como aqueles relacionados à área da telemetria.

O problema da memória não volátil é o fato de que há limites para a quantidade de informações que podem ser armazenadas antes que ela comece a se degradar naturalmente. Como esse processo está acontecendo cada vez mais rápido, o Opportunity está tentando gravar dados em sua divisão volátil, que está programada para se apagar automaticamente toda vez que o robô entra em modo de recarga.

Problema pode ser corrigido em breve

O problema se torna ainda mais grave devido ao fato de que ele está forçando a máquina a se reiniciar constantemente, o que impede que ela receba corretamente sequências de comando enviadas a partir da Terra. Segundo a NASA, a situação pode ser remediada facilmente visto que os erros se concentram em somente um dos sete bancos de memória do dispositivo — cujo uso pode ser desativado de forma remota em questão de poucas semanas.

O Opportunity realizou sua missão principal em 2004, três meses após pousar em solo marciano. Dessa forma, todos os dados colidos desde então podem ser considerados um “bônus” para a agência espacial norte-americana, que já usou o robô para navegar por mais de 40 quilômetros do planeta — um recorde para qualquer equipamento do tipo.

Cupons de desconto TecMundo: