Depois de versões regionais em 14 capitais do Brasil ao longo do ano, o maior evento de hacking e segurança da informação do país, o Roadsec, realizou sua edição final de 2015 na última quinta-feira (12) em São Paulo. Na ocasião, os participantes puderam conferir palestras sobre assuntos diversos relacionados ao tema, além de participar de workshops variados e curtir atrações musicais, tanto nacionais quanto do exterior.

Ao entrar no espaço do evento, os visitantes se depararam logo de cara com um espaço especial contendo breves oficinas ensinando técnicas de lock picking – a arte de abrir fechaduras e cadeados sem usar chaves – e criação de arte em 8 bits com Pixel Beads. Outros workshops incluíam a utilização das peças Littlebits, o autorama inteligente Anki Drive e a construção e comando de robôs por meio do LEGO Mindstorms.

Seguindo para umas das duas “trilhas” de palestras, era possível acompanhar apresentações de especialistas relacionadas a temas como a segurança nos aparelhos ligados à Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) e muitos outros assuntos. Entre os palestrantes estiveram também representantes da Intel e da Symantec, que abordaram ameaças avançadas persistentes e considerações para a criação de um Centro de Operações de Segurança.

Capture a bandeira

O espaço também serviu como palco para a disputa final do Programa Symantec Hackaflag 2015, uma competição no estilo “capture a bandeira” que desafia estudantes e profissionais da área a invadir um sistema protegido para obter dados sigilosos. A disputa envolveu os participantes vencedores de eliminatórias em 15 capitais brasileiras e coroou o cearense Saulo Hachem como grande ganhador depois de quatro horas de competição.

O campeão foi premiado com uma viagem paga aos Estados Unidos, onde poderá conhecer a sede da Symantec no Vale do Silício. O maior benefício, no entanto, fica marcado tanto nos currículos dos participantes da final quanto do vencedor, que certamente irão se destacar no mercado profissional de segurança da informação por conta de suas habilidades. “O Hackaflag dá a real dimensão do potencial dos atuais e futuros profissionais de TI do Brasil”, disse Alan Castro, especialista em segurança digital da Symantec.

Ao longo das etapas regionais deste ano, o Hackaflag 2015 teve mais de 5 mil participantes, aproximadamente 40% mais do que o da primeira edição da competição – realizada no ano passado. Segundo Castro, o evento cumpriu totalmente seu objetivo de expandir as oportunidades para que os competidores pudessem mostras suas habilidades, aprender, ensinar e compartilhar conhecimentos.

Embalados pela batida

Somando uma dimensão extra à variedade dos workshops e à seriedade das palestras e do Hackaflag, o Roadsec também é um espaço de diversão para quem curte música. Durante o evento, os ambientes foram constantemente embalados pelos sons de DJs inscritos voluntariamente, que receberam a chance de mostrar seus talentos em público.

Ao entardecer, todos aqueles que ainda tinha pique para festejar puderam se divertir com um after party liderado por ninguém menos do que John Talabot, um renomado DJ espanhol. Por fim, o Roadsec 2015 encerrou seu último dia em grande estilo, com um show dos Titãs. 

Você gostaria de conferir um evento hacker como o Roadsec? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: