A evolução dos drones está acontecendo a passos largos: começamos com alguns por pura diversão, que viraram ótimos acessórios para filmagens profissionais, e partimos para o transporte de passageiros – não como um helicóptero e mais para um carro voador particular. Tirando as aplicações militares, todos os equipamentos exigiam que um humano interagisse, mas, em breve, talvez isso não seja mais necessário.

A empresa Airobotics, de Tel Aviv, está lançando um drone totalmente autônomo, capaz de se lançar e fazer a própria manutenção automaticamente. Ele poderia ser usado para fazer patrulhas e controles que são baseados em tarefas repetidas ou em trajetos simples.

Seu sistema é composto por três partes: o próprio drone, uma base operacional robótica e um software de comando. O vigia robotizado pode carregar objetos de 1 kg por até 30 minutos e, quando termina sua tarefa, ele pousa sozinho sobre a base e tem suas baterias trocadas por um braço robótico.

Tudo isso é controlado por um sofware integrado que permite que o usuário crie uma rotina com trajetos e ações, além de possibilitar a coleta de informações e imagens em tempo real.

O setor de mineração, mapeamento aéreo, de manutenção agrícola e o de dominação mundial certamente estão entre os maiores beneficiados. A Skynet agradece.

Cupons de desconto TecMundo: