Drones servem para muita coisa: você pode usá-los como um simples brinquedo para momentos de lazer, empregá-los em sua fazenda para automatizar parte do trabalho de agricultura, atuar no ramo de mapeamento e assim por diante. Porém, não é arriscado dizer que o uso mais popular para os veículos aéreos não-tripulados (VANT) seja para a prática de fotografia e filmagem aérea profissional.

Isso já virou um verdadeiro mercado dentro do segmento audiovisual — não é difícil encontrar até mesmo agências especializadas no uso dos quadricópteros para registrar imagens de um ângulo inovador. Shows, festivais, partidas esportivas e outros eventos de grande porte costumam contar com a participação desses “fotógrafos aéreos”, especialmente com o advento de vários bons modelos aqui no Brasil.

Se você deseja se aventurar nesse mundo e tem bastante dinheiro para investir, chegou a hora de conhecer 13 drones bacanas que já podem ser encontrados no mercado brasileiro, seja em lojas especializadas ou marketplaces de uso livre (como o Mercado Livre). Vale observar que os preços sugeridos informados nesta matéria representam uma média dos valores que encontramos na web, visto que eles flutuam bastante de loja para loja.

Conheça drones feitos especialmente para filmagens aéreas

Família DJI

Fundada em 2006 pelo empresário Frank Wang, a DJI é uma empresa chinesa sediada na cidade de Shenzhen. Pioneira no desenvolvimento de drones para uso profissional, a marca rapidamente abocanhou uma enorme fatia desse mercado e ainda hoje é uma empresa respeitada ao redor do mundo todo.

DJI

DJI Phantom 3

O Phantom 3 é, provavelmente, o drone mais famoso do mundo. Desde o seu lançamento — e até os dias de hoje —, ele se consagra como um dos modelos mais utilizados para a realização de filmagens aéreas. Em sua versão mais parruda, o VANT sai de fábrica equipado com uma câmera de 12,3 MP capaz de gravar vídeos em Ultra HD (4K), cuja estabilidade é garantida graças ao suporte Gimbal incluso.

Com uma autonomia energética de aproximadamente 23 minutos, o Phantom 3 é equipado com uma série de sensores que possibilitam um voo tranquilo e preciso, sendo possível inclusive desenhar a rota do drone em seu dispositivo móvel (Android ou iOS) e ordená-lo a seguir as coordenadas previamente definidas. Além disso, por conta de sua popularidade, é fácil encontrar peças sobressalentes e materiais de apoio na internet.

Preço médio: a partir de R$ 2.599

DJI Phantom 4

Lançado este ano, o Phantom 4 é o sucessor direto do Phantom 3 e conta com várias novidades interessantes — o que resulta, obviamente, em um preço elevado, que pode afastar alguns interessados. Bem mais inteligente do que seu irmão mais velho, o novo modelo é capaz de detectar obstáculos e desviar deles de forma autônoma (algo importante especialmente para evitar acidentes envolvendo civis).

Além disso, a autonomia do Phantom 4 é de 28 minutos, e o drone possui três modos diferentes de pilotagem: “Positioning” (o mais básico), “Sport” (maior velocidade) e “Attitude” (que desliga o GPS e o sensor de obstáculos). Outro recurso bacana é o Activity Track, que faz com que o VANT siga um determinado objeto ou pessoa — dessa forma, você pode configurá-lo para te acompanhar durante aquele passeio de mountain bike, por exemplo.

Preço médio: a partir de R$ 6.799

DJI Inspire 1

Embora seja mais caro e tenha uma autonomia energética menor do que os membros da série Phantom (apenas 18 minutos), o Inspire 1 é um verdadeiro sonho para quem gosta de realizar filmagens aéreas. Seu exclusivo suporte Gimbal permite rotacionar a câmera em 360 graus, oferecendo a captura de imagens estonteantes. Isso sem falar do design impressionante do VANT, cujo corpo é construído em fibra de carbono.

Preço médio: a partir de R$ 13.999

DJI Inspire 1

DJI Matrice 100

Se você se considera um maker e quer construir um drone próprio com base em uma plataforma confiável, o DJI Matrice 100 é a sua melhor escolha. Trata-se de um VANT “cru”, composto apenas pelos componentes mais básicos necessários para voar, feito justamente para que os próprios consumidores o programem e trabalhem em uma carcaça customizada de acordo com as suas necessidades.

Leve e completamente modular, o Matrice 100 possui uma autonomia invejável: ele é capaz de se manter no ar por 40 minutos e pode ser equipado com uma bateria reserva que é usada instantaneamente quando a principal fica sem energia. Como você deve ter imaginado, o modelo não acompanha um módulo de câmera, sendo responsabilidade do comprador adicionar o componente que mais lhe agradar.

Preço médio: a partir de R$ 19.999

DJI Matrice 100

DJI S1000+

Mais um drone “cru” para quem quer criar seu próprio projeto. O Spreading Wings S1000 Plus (também conhecido como S1000+) é um multirrotor, equipado com nada menos do que oito hélices. Ele foi feito para carregar bastante peso, sendo capaz inclusive de segurar uma câmera DSLR full frame (como a 5D Mark III da Canon). No total, o modelo pode levar uma bagagem de até 11 kg.

O S1000+ tem uma autonomia energética de 15 minutos e seus braços podem ser dobrados para facilitar o transporte — estima-se que sejam necessários menos de cinco minutos para montar o drone e colocá-lo para voar.

Preço médio: a partir de R$ 9.999

DJI Spreading Wings S1000+

Família 3DR

A 3D Robotics (3DR) é uma das poucas fabricantes de drones oriundas dos Estados Unidos. Sediada na Califórnia, a marca foi fundada em 2009 por entusiastas da tecnologia e hoje já está presente em vários países ao redor do globo, representada por uma variedade absurda de distribuidores oficiais.

3DR Robotics

3DR Solo

Principal produto da companhia, o Solo esbanja um visual arrojado e é considerado por muitos o “drone mais inteligente do mercado”. Isso porque ele é capaz de realizar gravações de forma totalmente autônoma — basta posicioná-lo no cenário em questão e o VANT se encarrega de mover seu suporte Gimbal para captar os melhores ângulos da cena. Caso queira, ele também pode ser controlado manualmente.

É possível mantê-lo no ar durante 25 minutos antes que sua bateria removível se esgote. Além disso, é importante observar que, por padrão, o Solo não acompanha uma câmera, embora tenha sido desenhado para trabalhar ao lado de uma GoPro. Várias lojas o comercializam em conjunto com uma action cam por preços promocionais.

Preço médio: a partir de R$ 6.999

3DR Iris+

O Iris+ é um drone bem mais econômico do que o Solo, e, embora seja comumente empregado para mapeamento, também pode ser usado para a realização de filmagens aéreas. Ele consegue voar por até 22 minutos ininterruptos e conta com o modo Follow Me, no qual o modelo segue um objeto ou pessoa previamente determinada (a mesma função presente no Phantom 4 da DJI). Não acompanha câmera.

Preço médio: a partir de R$ 5.999

3DR Iris+

Família Walkera

A Walkera é uma fabricante chinesa com sede em Panyu, um distrito da província de Guangzhou. A marca foi fundada em 1994, e, por muito tempo, dedicou-se a fabricar helimodelos voltados para entretenimento. Com a ascensão dos drones, a companhia resolveu investir nesse mercado.

Walkera

Walkera QR X350 PRO

O X350 PRO é o drone mais acessível da Walkera que você pode encontrar no mercado brasileiro. Ele foi desenvolvido para rivalizar com o Phantom 3 — tanto que seu design é claramente inspirado no modelo da DJI. Seu radiocontrole de fábrica é compatível com First Person View (FPV), e sua bateria de 5.200 mAh proporciona até 25 minutos de voo estável. É um VANT bonito, eficiente e razoavelmente barato.

Assim como a série Phantom, o X350 PRO já acompanha uma câmera própria: ela possui um sensor de 13 MP e consegue gravar vídeos em qualidade HD (1280x720 pixels). Sim, trata-se de um modelo próprio para iniciantes. Vale observar que o suporte Gimbal pode ser usado para fixar uma GoPro, caso você queira, aumentando assim a capacidade fotográfica do drone.

Preço médio: a partir de R$ 4.199

Walkera QR X350 PRO

Walkera Tali H500

Se o X350 PRO é fraco demais para você, então o Tali H500 pode ser uma opção mais interessante. Trata-se de um hexacóptero — ou seja, ele possui seis hélices em vez de apenas quatro. O grande diferencial deste modelo (além da maior potência para voos mais estáveis e com ventos mais fortes) é a sua câmera de fábrica, capaz de gravar vídeos em resolução Full HD (1920x1080 pixels).

De resto, o Tali H500 compartilha caracteristicas parecidas com o modelo descrito anteriormente — autonomia de até 25 minutos e um radiocontrolador compatível com FPV (você consegue acompanhar o voo através de uma tela LCD de 5 polegadas).

Preço médio: a partir de R$ 7.999

Família Yuneec

A Yuneec é mais uma empresa chinesa, mas não deixe que a nacionalidade da companhia te engane: ela está longe de ser mais uma fabricante “xing-ling”. A marca fez fama no mercado asiático com seus aviões monomotores elétricos e só recentemente começou a investir no mercado de drones, aproveitando todo a expertise na área para oferecer excelentes VANTs profissionais.

Yuneec

Yuneec Typhoon H

Há quem diga que o Typhoon H dê uma bela surra no Phantom 4. Embora seja um pouco caro aqui no Brasil, este drone imponente sai de fábrica com uma câmera capaz de gravar vídeos em 4K com até 30 frames por segundo. Além disso, seu suporte Gimbal é capaz de rotacionar a lente em 360 graus (algo parecido com o que acontece no Inspire 1).

Como se não bastasse, o Typhoon H tem braços dobráveis para facilitar o transporte e seu enorme radiocontrolador tem uma tela colorida de 7 polegadas para FPV. Este modelo incrível conta ainda com tecnologia anticolisão e consegue voar por 25 minutos antes que sua bateria se esgote. É difícil não se apaixonar!

Preço médio: a partir de R$ 11.999

Yuneec Typhoon Q500+

Achou o Typhoon H um exagero? Tudo bem, você pode investir um pouco menos e adquirir um Q500+. Trata-se de um modelo bem mais simples, com uma câmera Full HD de 13 MP e um corpo com dimensões reduzidas. O quadricóptero tem autonomia de 25 minutos e acompanha um radiocontrolador com tela de 5,5 polegadas e sistema operacional Android. Caso queira, também é possível procurar a versão Q500+ 4K, cujo principal diferencial é justamente sua capacidade de gravar vídeos em Ultra HD.

Preço médio: de R$ 4.999 (Full HD) a R$ 6.999 (Ultra HD)

Yuneec Typhoon Q500+

Outras marcas

Cheerson CX 20

Exatamente como a Hubsan, a Cheerson é uma empresa chinesa que ficou famosa por conta de seus drones recreacionais de baixíssimo custo (o modelo CX 10 é considerado um dos menores VANTs do mundo e custa uns R$ 99). O que muita gente não sabe é que a companhia também comercializa quadricópteros maiores e que podem ser utilizados por iniciantes interessados em trabalhar com fotografia e filmagem aérea.

Visualmente parecido com o Phantom 3, o CX 20 possui GPS, modos de voo inteligentes e uma bateria com autonomia de 20 minutos. É possível encontrar no mercado versões sem câmera (mais barata) e com câmera inclusa (uma SJ4000 com resolução Full HD e suporte para FPV).

Preço médio: de R$ 2.199 (sem câmera) a R$ 2.999 (com câmera)

Cheerson CX 20

Parrot Bebop

O Bebop é outro drone desenvolvido pela Parrot, empresa responsável pelo famoso AR.Drone (modelo que popularizou os quadricópteros no Brasil). Embora seja compacto, o VANT possui um processador de dois núcleos, uma GPU de quatro núcleos e 8 GB de memória flash em seu interior. Você pode usar seu próprio smartphone Android ou iOS como radiocontrolador (via WiFi) para este “brinquedinho”.

Embora não possua um Gimbal, o Bebop conta com uma câmera Full HD integrada para você tirar fotos e gravar vídeos com qualidade profissional. Trata-se de um drone bastante divertido e intuitivo.

Preço médio: a partir de R$ 3.999

Qual é o melhor modelo para mim?

É difícil eleger o melhor drone para filmagens aéreas. Cada modelo possui características distintas e possui pontos positivos e negativos. Alguns têm autonomia maior, outros já saem de fábrica com uma câmera de alto desempenho e assim por diante. O indicado é colocar todas essas questões na balança e decidir de acordo com a sua necessidade.

É importante tentar descobrir também qual produto é mais indicado para iniciantes, visto que controlar um quadricóptero profissional não é uma tarefa fácil. Você definitivamente não vai querer quebrar seu VANT por falta de treino — logo, invista primeiro em um modelo pequeno e mais acessível, para só então partir para um modelo mais agressivo.

Cupons de desconto TecMundo: