iPhone com USB-C entra em leilão e lances chegam a R$ 480 mil

1 min de leitura
Imagem de: iPhone com USB-C entra em leilão e lances chegam a R$ 480 mil
Imagem: eBay/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

O primeiro iPhone com USB-C do mundo, criado pelo estudante suíço Ken Pillonel, está sendo leiloado no eBay. Nesta quinta-feira (04), os lances chegaram a US$ 85,7 mil, o equivalente a R$ 481 mil na cotação do dia.

A versão modificada do smartphone da Apple ganhou fama no mês passado, quando o aluno de Robótica o revelou. O modelo, um iPhone X de 64 GB, tem uma entrada USB-C no lugar da conexão Lightning, que funciona para transferir dados e recarregar a bateria.

Iniciado na segunda-feira (1º), o leilão do iPhone com USB-C já teve 145 lances até o momento, e a disputa promete continuar. O valor subiu bastante desde a primeira oferta, que foi de US$ 1.625, chegando a US$ 9,2 mil nesta quarta-feira (03).

A disputa pelo iPhone modificado está grande.A disputa pelo iPhone modificado está grande.Fonte:  eBay/Reprodução 

Ainda na quarta-feira, os lances passaram para US$ 14,8 mil e encerraram o dia em US$ 30 mil, de acordo com o iMore. Nas últimas horas, os valores subiram de US$ 33,8 mil para US$ 80 mil, antes de chegar aos atuais US$ 85,7 mil.

Condições para o comprador

Desembolsar uma enorme quantia não é a única exigência para comprar o iPhone USB-C leiloado no eBay. O criador do projeto listou algumas condições para mantê-lo no estado atual, como não abrir o telefone, não atualizá-lo nem restaurá-lo, além de não usá-lo como dispositivo principal.

Os lances podem ser dados até a próxima semana, e quem arrematar o celular terá direito a uma conversa de 30 minutos com o estudante para tirar dúvidas sobre o gadget.

Para aqueles que não estão dispostos a gastar uma fortuna, vale a pena conhecer o projeto de código aberto divulgado por Pillonel. O engenheiro até ensina como substituir a conexão Lightning pela porta USB-C no iPhone, caso alguém queira tentar realizar o procedimento.