iPhone com USB-C: estudante ensina como criar sua própria versão

1 min de leitura
Imagem de: iPhone com USB-C: estudante ensina como criar sua própria versão
Imagem: eBay/Reprodução
Avatar do autor

O estudante de robótica Ken Pillonel, que ficou conhecido após conseguir substituir o conector Lightning do iPhone por uma porta USB-C no mês passado, resolveu mostrar como realizou o trabalho. Em um vídeo publicado em seu canal no YouTube na segunda-feira (1º), ele detalha todo o processo, permitindo que outros com conhecimento técnico façam o mesmo.

Ao longo da gravação, o especialista suíço explica como foi possível “transformar” a conexão Lightning em USB-C e deixá-la totalmente funcional em um iPhone X, algo que a Apple pode ser obrigada a fazer em breve. Basicamente, ele precisou realizar a engenharia reversa do conector e produzir os circuitos impressos para a nova entrada.

Pillonel também mostra como foi complicado adicionar o circuito extra ao celular da Apple — a placa de circuito flexível precisou ser encaixada entre o Taptic Engine e a bateria do dispositivo. Apesar de todo o trabalho (veja abaixo), o youtuber afirma que o iPhone com USB-C funciona normalmente, com a porta servindo para transferir dados e recargas.

Além do vídeo, o estudante também disponibilizou um guia com as instruções necessárias para as pessoas que queiram construir o seu próprio iPhone com conexão USB-C. O projeto de código aberto está disponível na plataforma GitHub e é o primeiro de muitos que ele pretende criar, incluindo adaptações para outros modelos de iPhone e melhorias no carregamento rápido.

Leilão

O protótipo original do “primeiro iPhone USB-C do mundo”, construído pelo estudante, está sendo leiloado no eBay. No momento, o lance mínimo já chega aos US$ 9,2 mil, o equivalente a mais de R$ 51 mil pela cotação do dia.

Segundo o criador do projeto, o modelo é um iPhone X preto usado com 64 GB, na caixa, mas sem nenhum acessório. A versão modificada não deve ser aberta, restaurada, atualizada ou resetada, conforme o anúncio, nem utilizada como telefone principal do arrematante.