Apple alerta: usar iPhones em motos pode causar danos às câmeras

1 min de leitura
Imagem de: Apple alerta: usar iPhones em motos pode causar danos às câmeras
Imagem: lordsse_design/Pixabay
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Apple divulgou na sexta-feira (10) um tipo de inconsistência prejudicial à vida das câmeras dos iPhones que, embora restrita a um grupo diferenciado de usuários, merece ser observada com atenção: motores de motocicletas de alta potência ou alto volume. A marca da maçã recomenda que não se conectem iPhones a esse tipo de veículo, pois as vibrações intensas transmitidas através do chassi e do guidão prejudicam os sistemas OIS e AF dos aparelhos.

O OIS, ou estabilização óptica de imagem, possui um giroscópio que detecta movimentos da câmera ao tirar a foto e reduz possíveis desfoques.  Já o AF, ou foco automático de loop fechado, presente em alguns modelos de iPhone, tem sensores magnéticos integrados para compensar movimentos e corrigir a posição da lente para obter ganhos de nitidez.

Como resolver o problema de vibrações prejudiciais às câmeras do iPhone?

Fonte: Apple/DivulgaçãoFonte: Apple/DivulgaçãoFonte:  Apple 

De acordo com a Apple, embora ambos os sistemas sejam projetados para durar muito, a exposição direta em longo prazo "às vibrações de alta amplitude dentro de certas faixas de frequência" pode ser prejudicial ao desempenho desses componentes, como ocorre com muitos produtos eletrônicos. Ou seja, exposições prolongadas do iPhone a essas condições podem resultar em redução na qualidade das imagens e danos permanentes aos sistemas.

Embora não se saiba o motivo claro para que a empresa de Cupertino esteja divulgando agora esse alerta, há relatos de casos em fóruns de discussão, citando danos causados nas circunstâncias em destaque, até mesmo em bicicletas de montanha. A Apple esclarece que o problema pode ser contornado com o uso de um suporte antivibratório, e esclarece que scooters elétricas ou motos menos potentes não causam essas vibrações prejudiciais.