OnePlus é acusada de manipular resultados de benchmark

1 min de leitura
Imagem de: OnePlus é acusada de manipular resultados de benchmark
Imagem: Crytonic/Reprodução
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A OnePlus está sendo acusada de manipular resultados de testes de benchmark. Segundo o Anandtech, o OnePlus 9 e o OnePlus 9 Pro estão limitando aplicativos populares e impedindo a utilização de todos os recursos da CPU.

No entanto, os dois dispositivos permitiriam acesso irrestrito aos apps de benchmarking, utilizados para medir o desempenho dos celulares e realizar comparativos. Devido a isso, os modelos tiveram ótimas pontuações em plataformas populares como o Geekbench.

Série OnePlus 9 chegou ao mercado em março deste ano.Série OnePlus 9 chegou ao mercado em março deste ano.Fonte:  Aquire/Reprodução 

Conforme o Anandtech, o OnePlus 9 Pro não estaria executando de maneira eficiente tarefas básicas como navegar na internet. Mesmo alimentado pelo processador Snapdragon 888, o dispositivo teve dificuldades para abrir o navegador da Google.

“O Chrome apresentou um comportamento extremamente estranho que, na pior das hipóteses, acabou com o software apenas sendo capaz de usar pequenos núcleos do Cortex-A55 do SoC”, destaca a matéria.

A equipe do site encontrou trechos de códigos criados pela OnePlus impedindo que apps populares tivessem acesso a todo o potencial do chip. A lista de afetados inclui Facebook, WhatsApp, Instagram, TikTok, Netflix, Strava, Pokémon Go e Microsoft Suite.

Aparentemente, a intenção era reduzir o desempenho dos aplicativos e estender o backup de bateria dos celulares. Fato que tornou as notas de benchmark inúteis por conta dos ajustes feitos especificamente para beneficiar as análises de desempenho.

Anteriormente, a companhia manipulou os resultados de desempenho do OnePlus 3T.Anteriormente, a companhia manipulou os resultados de desempenho do OnePlus 3T.Fonte:  TechRadar/Reprodução 

OnePlus 9 é retirado do Geekbench

Após a publicação do artigo do Anandtech, a série OnePlus 9 foi retirada do Geekbench. Segundo a plataforma, novos testes serão realizados em seus laboratórios para verificar se a fabricante tentou manipular artificialmente as pontuações.

Em 2017, a marca chinesa também foi acusada de alterar os resultados de desempenho do OnePlus 3T. Na época, a fabricante reconheceu a manipulação e prometeu encontrar uma solução para o caso.

OnePlus é acusada de manipular resultados de benchmark