Apple Watch ajuda médico a fazer parto durante voo nos EUA

1 min de leitura
Imagem de: Apple Watch ajuda médico a fazer parto durante voo nos EUA
Imagem: KHON2
Avatar do autor

O parto emergencial de um bebê que nasceu prematuro durante um voo da Delta de Salt Lake City para o Havaí, nos Estados Unidos, foi bem sucedido com a ajuda de uma feliz coincidência e um equipamento tecnológico improvisado: um Apple Watch.

De acordo com a emissora KHON2, o caso aconteceu em 28 de abril e envolveu o nascimento de Raymond Mounga, que agora passa bem. A mãe, Lavinia, não sabia que estava grávida e estava indo para o Havaí passar férias com a família quando entrou em trabalho de parto. A criança nasceu após 29 semanas de gestação, quando o prazo considerado tradicional seria de 40 semanas.

Por sorte, no mesmo voo estava o doutor Dale Glenn, especialista em medicina familiar, e três enfermeiras que trabalham em uma UTI neonatal.

No improviso

O procedimento levou três horas e envolveu equipamentos improvisados. Garrafas de água foram aquecidas no microondas para manter a temperatura do bebê estável, enquanto um Apple Watch foi utilizado para checar os batimentos cardíacos da criança.

O aparelho da Apple já virou notícia diversas vezes por causa dos mecanismos de acompanhamento de saúde — desde o detector de quedas até a identificação de irregularidades cardíacas.

Segundo a emissora, o bebê Raymond deve permanecer mais alguns dias internado, mas está saudável. A equipe médica, que saiu aplaudida do voo, já o visitou no hospital.

Imagem: Smartwatch Apple Watch Series 6, 40,0 mm
Imagem: Tecmundo Recomenda

Smartwatch Apple Watch Series 6, 40,0 mm

Com Wi-Fi, Bluetooth e GPS Integrado, o Smartwatch Apple Watch Series 6 possui oxímetro, monitor cardíaco, atende ligações e envia mensagens. Conta com detecção de queda, giroscópio e bússola.

Fontes

Apple Watch ajuda médico a fazer parto durante voo nos EUA