Samsung removerá carregadores da caixa de mais celulares

1 min de leitura
Imagem de: Samsung removerá carregadores da caixa de mais celulares
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Samsung pretende remover gradativamente o carregador da caixa dos seus celulares. Descrito numa seção de perguntas e respostas sobre o recém-lançado Samsung Galaxy S21, a companhia pretende remover o acessório de todas as suas linhas para ampliar a eficiência de transporte, fabricação e consumo de matéria-prima não só no topo de linha.

Isso não só significa que o próximo grande lançamento da companhia, o Samsung Galaxy Note 21, não será acompanhado pelo acessório; mas que outros aparelhos — os dobráveis Galaxy Z, linhas intermediárias Galaxy A, M e F e os de entrada — também exijam compra do carregador separadamente.

“Nós acreditamos que a remoção gradual dos carregadores e fones de ouvido de nossas caixas podem auxiliar os problemas de consumo sustentável e remover qualquer pressão que consumidores poderiam sentir ao receber mais um carregador desnecessário em novos celulares”, pontuam como resposta à pergunta “Por que a Samsung decidiu remover os fones cabeados e os carregadores do Galaxy S21?”.

Acessório poderia se tornar adição estratégica em modelos de entrada.Acessório poderia se tornar adição estratégica em modelos de entrada.Fonte:  Samsung/Divulgação 

Na prática, isso significaria uma grande mudança dos usuários. Diferente da Apple, que atua com mais relevância no segmento de smartphones premium, a Samsung tem um vasto portfólio com produtos mais acessíveis e que podem ser afetados pela tendência ecológica.

Ainda não está claro quando essa mudança aconteceria e em quais linhas a sul-coreana aplicaria a redução de custos. Contudo, podemos esperar que smartphones mais baratos ainda contem com o acessório, já que a exclusão do carregador pode afastar o consumidor que pretende gastar pouco em um smartphone.

Por outro lado, a fabricante reitera que trabalha na uniformização do USB-C desde 2017, então supostamente há um número significativo de carregadores da companhia nas mãos dos consumidores.

Ainda não há informações concretas sobre a mudança em qualquer dispositivo Samsung. Resta aguardar pelos próximos lançamentos para termos maiores novidades.