Xiaomi Mi 10 caro? Saiba quanto custa fabricar um celular desse

1 min de leitura
Imagem de: Xiaomi Mi 10 caro? Saiba quanto custa fabricar um celular desse
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Uma das curiosidades mais comuns entre consumidores que sempre adquirem um mesmo tipo de produto, é em relação ao custo de fabricação desse produto. Será que você paga um preço justo pelo seu smartphone, considerando quanto a empresa gastou para confeccioná-lo? Ou será que você está apenas patrocinando uma desmedida estratégia de ascensão? Isso é o que saberemos, tendo como foco o Xiaomi Mi 10 5G, que está sendo considerado um celular caro para os padrões da companhia.

O Xiaomi Mi 10 5G foi lançado por valores entre US$ 573 e US$ 673, na China. Seguindo ou não a tendência de outras fabricantes, a Xiaomi resolveu cobrar um pouco mais pelo topo de linha, em relação à geração anterior. O aparelho custa cerca de US$ 140 mais caro que seu antecessor, lançado em 2019.

Quanto custa para fazer?

Os preços dos smartphones podem ser afetados diretamente pelo valor dos componentes de maior relevância de sua geração. Um aparelho pode, por exemplo, ter a “obrigação” de ser lançado com uma tela AMOLED. Se o fornecimento desse componente estiver escasso, o celular vai sofrer o impacto no preço final.

O site Tech Insights fez uma análise dos componentes do Xiaomi Mi 10 5G na versão de 12 GB de RAM e 256 GB de armazenamento. A equipe de especialistas estimou que o valor de fabricação do flagship é de US$ 440.

Para efeitos de comparação, o custo do iPhone 11 Pro Max com 512 GB de armazenamento era de US$ 490,50, em seu lançamento. E lá nos Estados Unidos ele é vendido por US$ 1.184.

Esse custo diz respeito somente ao valor dos componentes. Ainda poderia entrar na conta os gastos com o desenvolvimento, mão de obra, marketing, entre outros. Isso significa que, ao comprar um Mi 10 5G por US$ 673, a Xiaomi não está embolsando exatamente a diferença de US$ 233.

Em outras palavras, a margem de lucro da Xiaomi ainda é bem inferior à de gigantes como Apple e Samsung, o que significa que os usuários pagam, sim, pela marca. À medida que a chinesa for conquistando novos mercados, é possível que os preços de seus celulares subam, mas não temos como prever isso com exatidão.

Comentários

Conteúdo disponível somente online
Xiaomi Mi 10 caro? Saiba quanto custa fabricar um celular desse