Xiaomi Mi 10 Pro esgota em 1 minuto, ainda mais rápido que Mi 10

1 min de leitura
Imagem de: Xiaomi Mi 10 Pro esgota em 1 minuto, ainda mais rápido que Mi 10
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

A Xiaomi realizou a segunda venda-relâmpago dos seus novos smartphones nesta terça-feira (18) na China. Desta vez, além de mais um lote do Mi 10, o modelo poderoso e luxuoso Mi 10 Pro foi disponibilizado ao público pela primeira vez — e não desapontou nos números.

De acordo com a fabricante, o estoque durou somente 55 segundos na loja online. A empresa não informou a quantidade de aparelhos disponíveis no total, mas é possível que no máximo 40 mil unidades do Mi 10 Pro tenham sido vendidas. Isso significa uma receita gerada de 200 milhões de yuan.

O estoque do Mi 10 já tinha esgotado em apenas um minuto na semana passada. Porém, a versão Pro recebeu a nota máxima no site de testes de câmera DxOMark, o que fez parte do público aguardar para adquirir o modelo mais caro. O lançamento global dos dispositivos estava marcado para a semana que vem, mas foi adiada junto com o cancelamento da MWC 2020, devido à emergência global de sáude pública causada pelo novo coronavírus. Além disso, há preocupações a respeito do estoque da companhia, que pode ter sido afetada pela baixa atividade industrial na China.

Xiaomi Mi 10 Pro esgota em 1 minuto, ainda mais rápido que Mi 10