A MWC 2020 está cancelada devido à epidemia de Coronavírus

2 min de leitura
Imagem de: A MWC 2020 está cancelada devido à epidemia de Coronavírus
Essa não é uma matéria patrocinada. Contudo, o TecMundo pode receber uma comissão das lojas, caso você faça uma compra.
Avatar do autor

Atualização 12/02/2020 - 16h16-  A MWC está formalmente cancelada. O CEO da GSMA, John Hoffman, comunicou à imprensa que a feira não vai acontecer em 2020, uma vez que a "epidemia do coronavírus tornou sua realização impossível". Uma reunião emergencial na manhã de hoje (12) havia decidido manter a feira em seu calendário original mesmo com as inúmeras desistências de grandes empresas, mas agora a decisão foi revertida.

Notícia original:

A GSMA, entidade que organiza o Mobile World Congress, vai manter a realização da edição deste ano da maior feira mobile do mundo. A decisão ainda não é definitiva, mas sinaliza resistência por parte do órgão e uma divergência em relação às marcas parceiras e expositoras.

Segundo o El País, uma reunião de emergência foi realizada nesta quarta-feira (12) por causa dos novos cancelamentos — que incluem a gigante Nokia e operadoras como Vodafone, Orange e BT. Como resultado, a GSMA emitiu uma declaração em que afirma que "a situação do coronavírus se modifica muito rápido", mas que o congresso está mantido até o momento. Medidas de segurança serão adotadas de forma rigorosa, incluindo checar antecedentes de viagem de todos os participantes e impedir a presença de quem estve nas últimas semanas em Wuhan, distrinto chinês que é considerado o epicentro dos casos.

Entretanto, a organização vai continuar analisando a situação em encontros regulares com o conselho, os sócios do evento e especialistas em saúde de todo o mundo para assegurar a saúde dos visitantes. Uma nova reunião está marcada para a sexta-feira (14), onde o veredito deve ser decidido.

Mais complexo do que parece

Simplesmente cancelar uma conferência de grande porte como a MWC 2020 não é uma decisão fácil. Apesar da alta quantidade de companhias que já declararam a ausência, a não realização do evento pode impactar financeiramente a GSMA e causar impasses com o governo espanhol, que também teria que arcar com indenizações e o seguro. A situação poderia mudar se Barcelona, que fica na região espanhola da Catalunha, declarar o coronavírus como uma emergência local, o que comprovaria a necessidade de suspender a realização da feira.

De acordo com a Wired, fontes ligadas à organizações têm negociado com as autoridades espanholas para um acordo que resulte no cancelamento do evento, mas ambos os lados agora encaram um impasse.

A MWC 2020 está originalmente agendada para acontecer entre os dias 24 e 27 de fevereiro. Sony, LG e Ericsson são algumas das marcas que já cancelaram a participação neste ano, enquanto fabricantes chinesas de smartphones reforçaram que estarão na feira.

A MWC 2020 está cancelada devido à epidemia de Coronavírus