Já não é novidade que a Xiaomi quer uma tela sem bordas para o Mi 7. Mas se antes os rumores indicavam que a empresa iria tentar algo como feito pelo Essential Phone e deixar o mínimo possível da parte frontal do aparelho tomada por algo que não o display, novos vazamentos apontam que a fabricante vai seguir um caminho bem mais parecido com o iPhone X.

As informações vêm de Mocha RQ, um conhecido leakster com acesso ao interior da indústria. Em seu mais recente vazamento, Mocha também relata que o aparelho não deve chegar em abril ou maio, como no caso de boa parte da linha Mi: no lugar disso, ele deve sair apenas em junho. O motivo para isso seriam dificuldades da empresa em encaixar um sensor de digitais na tela do aparelho; o site GizmoChina, por sua vez, acredita que a proximidade da chegada com o Mi Mix 2S seria outro fator determinante no atraso.

Novidades conflitantes

É extremamente importante frisar, no entanto, que as novidades parecem seguir o caminho extremo oposto ao que todos os rumores afirmavam antes. Não falamos apenas com relação à tela sem bordas, mas também ao sensor de digitais, que supostamente teria sido abandonado pela empresa em favor de um Face ID proprietário, e do lançamento ainda no começo do ano.

Além disso, outro vazamento recente do SlashLeaks mostrou um Xiaomi Mi 7 com tela de ponta a ponta, o que vai a favor dos rumores anteriores:

Achou a história complicada? Pois é. Parece que a única opção que restou a nós, diante de tantas informações conflitantes, é esperar para ver como toda essa história se resolve.