O ano de 2017 foi bom para o mercado mobile: os smartphones top de linha ficaram mais compactos, mais poderosos, e suas capacidades fotográficas deram um salto de qualidade realmente impressionante. Além disso, aparelhos com designs inovadores e corajosos apareceram no mercado: Essential PhoneXiaomi Mi Mix 2 e até o iPhone X.

Mas o que decepcionou um pouco os fãs da mobilidade foi a falta de um smartphone com leitor de digitais embutido diretamente na tela. Esperava-se que a Samsung fizesse isso no Galaxy S8, mas a empresa resolveu colocar a biometria na parte de trás em um posicionamento muito inconveniente. Havia rumores de que a Apple também trabalharia nessa possibilidade, mas Jony Ive, líder de design na Maçã, chegou a afirmar que isso jamais foi considerado pela empresa para o iPhone deste ano.

Então, o que podemos esperar para o ano que vem em termos de smartphones inovadores ou muito aguardados pelos fãs? Será que a Google finalmente lançará um celular com hardware livre de problemas bobos? Será que a Samsung finalmente vai oferecer uma experiência de software fluida para seus clientes? Confira a nossa lista com expectativas e rumores sobre 2018.

10. Xperia XZ com bordas mínimas

Rumores de que a Sony poderia dar uma recauchutada geral na sua linguagem de design para smartphones vêm pipocando há meses, e a própria Sony chegou a indicar que esse de fato seria o caso. Contudo, a melhor indicação de que isso realmente aconteceria apareceu no fim de novembro, quando uma tabela de especificações de um suposto aparelho da japonesa vazou na web.

sony xperia xz

O smartphone seria um top de linha com tela 4K, tecnologia HDR e bordas mínimas em volta do display de 5,7’’. É possível que esse modelo seja o Xperia XZ ou o XZ Premium de 2018. Espera-se que ele finalmente inaugure o aspecto de telas 18:9 na Sony. Infelizmente, o vazamento aponta para a implementação de um Snapdragon 835 em vez do 845, o que pode mais uma vez afastar os consumidores da Sony.

Lançamento esperado: metade de 2018

9. LG G7

Depois de acertar bem com o LG G4, errar feio com o LG G5 e ter se redimido com o LG G6, a LG pode finalmente lançar um smartphone top de linha capaz de ofuscar os maiores concorrentes do mercado. Espera-se que esse modelo tenha um leitor de íris mais avançado que o do Galaxy S8 e que seu desempenho de câmera melhore. As diversas funcionalidades multimídia presentes atualmente no V30 podem acabar chegando ao G7, o que faria do celular da coreana uma das melhores escolhas para usuários que gravam e consomem muito vídeo no smartphone, tais como youtubers.

lg g7 conceito

Rumores afirmam que o próximo top de linha pode chegar ao mercado em duas versões: uma com processador Snapdragon 835, e outra mais poderosa, com Snapdragon 845. Isso aconteceria porque a Samsung deve consumir praticamente toda a produção inicial de chips da Qualcomm no início do ano, deixando as fabricantes menores, como a LG, no aperto.

Lançamento esperado: MWC 2018 ou entre março e abril

8. Moto Z3 Force

Ainda não se sabe muito sobre o próximo top de linha da Motorola, mas é seguro assumir que o dispositivo continuaria trazendo alguns recursos distintos da marca, como a tela inquebrável com tecnologia ShatterShield e a capacidade modular da linha Z.

Motorola se comprometeu em oferecer suporte aos Moto Snaps por alguns anos

Considerando que a Motorola se comprometeu em oferecer suporte aos Moto Snaps por alguns anos, é bem improvável que a empresa abandone o padrão modular já em 2018, mesmo considerando que o os acessórios não são lá tão populares assim entre os usuários da marca. Isso engessa um pouco a questão do design dos smartphones, mas é possível que seja adotado o padrão de display 18:9 (2:1) para seguir a moda do ano em smartphones top de linha. Isso seria um problema pela inviabilidade de colocar o leitor de digitais na parte traseira do Moto Z3 em função dos Moto Snaps. A única saída aqui seria mover a biometria para outra parte, talvez dentro da própria tela.

moto z2 force

Lançamento esperado: metade de 2018

7. Moto G6

Mas o smartphone que os fãs da Motorola realmente querem ver é a próxima geração da linha G, mais popular entre os intermediários no Brasil. Também não temos informações sobre esse smartphone, mas é seguro esperar que ele seja lançado em duas edições: uma comum, menor e mais básica; e outra Plus, mais poderosa e maior.

Seja como for, não imaginamos grandes inovações nesse segmento, mas é bem provável que eles tenham recursos como sistema duplo de câmeras na traseira — já disponível no Moto G5S Plus — e um acabamento mais premium. Essa última questão é inclusive uma tendência da linha, que vem ficando cada vez mais sofisticada nesse sentido.

moto g6

Lançamento esperado: fim do primeiro trimestre de 2018, talvez na MWC 2018

6. Xiaomi Mi Mix 3

Mi Mix original da Xiaomi foi considerado o primeiro smartphone realmente top de linha a contar com um display praticamente sem bordas. A empresa inaugurou essa tendência entre as grandes fabricantes e foi seguida inclusive pela Apple neste ano. Seja como for, o Mi Mix 3 deve ser um aperfeiçoamento ainda mais interessante desse conceito, considerando que o Mi Mix 2 foi, na verdade, uma adaptação mais comercializável do primeiro modelo para 2017.

mi mix 3

De qualquer maneira, o acabamento deve ser bem premium, com materiais como cerâmica envolvidos. Não temos ainda vazamentos ou rumores consistentes sobre esse celular, mas é seguro assumir que ele contará com o Snapdragon 845, considerando que ele chega ao mercado mais para o fim do ano.

Lançamento esperado: entre 3º e 4º trimestres de 2018

5. OnePlus 6

OnePlus vem repetidamente empolgando o mercado de smartphones Android com seus aparelhos bem construídos e software muito agradável. A empresa oferece uma personalização do Robô que é muito próxima do original e que sempre está bem perto das versões mais novas disponíveis para os Pixel e Nexus. Contudo, os aparelhos da empresa são bem mais baratos e contam com muitos recursos dedicados aos usuários mais exigentes. Essa tendência deve continuar com o sucesso do atual OnePlus 5T.

oneplus 6

Para o One Plus 6 (ou OnePlus 7) podemos esperar um display de alta qualidade, porém de resolução intermediária a fim de economizar bateria. A tela deve novamente ficar no padrão 18:9 (2:1), mas podemos imaginar que as bordas superior e inferior diminuam. Infelizmente, não temos nenhuma informação mais consistente a respeito do design, sendo essas as nossas apostas para o dispositivo. Seja como for, ele deve chegar com hardware “mais que top de linha”, com Snapdragon 845, armazenamento UFS e, quem sabe, opções com 6 GB ou 8 GB de RAM.

Lançamento esperado: 2º semestre de 2018

4. Galaxy Note 9

A linha Note da Samsung é sempre uma inspiração para o mercado mobile. Neste ano, a empresa lançou um smartphone bastante interessante, sendo o Note 8 o primeiro aparelho com um sistema duplo de câmeras da Samsung. Segundo rumores sobre os próximos top de linha da empresa, tanto o Note 8 quanto os outros modelos mais caros da marca devem experimentar uma redução considerável nas bordas em volta do display. No entanto, nós torcemos para que a companhia não faça isso a exemplo da Apple, com aquele entalhe no topo do display.

galaxy note 9

O leitor de impressões digitais pode ser finalmente embutido diretamente na tela no Note 9, mas, se isso não se concretizar, esperamos que a empresa pelo menos conserte o erro de design, que foi colocar o sensor biométrico ao lado das câmeras, bem alto na parte traseira. Na questão do hardware, ele deve ser o melhor aparelho da Samsung no ano, trazendo um chip top de linha feito por ela mesma e uma caneta S Pen com algumas novidades. Não se espera um grande redesign do smartphone, entretanto.

Lançamento esperado: 3º trimestre de 2018

3. iPhone 11

Em 2017, a Apple lançou o iPhone X, a primeira grande atualização em questão de design e funcionalidade do iPhone em anos. Os aparelhos da marca estavam começando a ficar com o design datado e consideravelmente atrás da concorrência. O novo celular mudou esse panorama, mas não esperamos que haja uma grande mudança para o sucessor do iPhone X nesse sentido. Ele deve seguir mais ou menos o mesmo design, levando em conta a tradição da Maçã de “requentar” o visual de seus “novos” smartphones no ano seguinte ao lançamento.

iphone 11

Por isso, podemos esperar uma boa atualização do hardware interno. A câmera deve ser melhorada, o chipset deve novamente trazer um bom salto de desempenho, e a Apple deve utilizar isso para incentivar ainda mais o desenvolvimento de aplicações em realidade aumentada para sua plataforma mobile. Outro recurso que deve ser melhorado em 2018 é o Face ID, considerado por muitos mais lento que o antigo Touch ID.

Lançamento esperado: entre 3º e 4º trimestres de 2018

2. Galaxy S9

Galaxy S9 da Samsung pode acabar se tornando o primeiro smartphone do mundo com um leitor biométrico de qualidade embutido diretamente na tela. Rumores afirmam que o plano original do Galaxy S8 trazia o recurso, mas ele não ficou pronto a tempo. Por isso, é de se esperar que a empresa tenha trabalhado nessa questão para resolver a grande falha de design do top de linha atual: o posicionamento improvisado do sensor de digitais. Podemos também esperar um sistema duplo de câmeras na parte traseira e um design não muito modificado em relação ao que temos hoje.

galaxy s9

A versão norte-americana do celular deve chegar ao mercado com o Snapdragon 845, impedindo que muitas outras fabricantes coloquem suas mãos nesse chip. As versões internacionais, entretanto, devem trazer um componente equivalente feito pela própria Samsung. É possível que haja melhorias na interface e também no leitor de íris. A tela do aparelho deve cobrir cerca de 90% de sua face frontal. Já vazaram inclusive supostas especificações do modelo, mas não temos como ter certeza sobre isso no momento.

Lançamento esperado: MWC 2018 ou entre o 2º e 3º trimestre de 2018

1. Pixel 3

Os smartrphones Pixel da Google não são os mais bonitos do mundo, muito menos os mais vendidos. Contudo, eles certamente são os mais esperados pelos entusiastas do mercado mobile, por representarem os conceitos mais puros da Google para um smartphone e para o Android propriamente dito. As expectativas para 2018 são especialmente grandes porque, neste ano, a Google comprou a divisão mobile da HTC e, no ano que vem, deve ser capaz de desenvolver e talvez fabricar ou supervisionar o processo de fabricação de seus celulares.

A Google pode começar a inovar em hardware mobile, o que não tem sido seu forte até o momento

O atual Pixel 2 foi feito pela HTC, e o Pixel 2 XL, pela LG. Com essas duas parceiras fora do caminho, a Google pode começar a inovar em hardware mobile, o que não tem sido seu forte até o momento. A empresa inclusive já está nesse caminho, tendo criado um chip para inteligência artificial praticamente dedicado a processamento de imagens. Isso já está se disseminando para o restante da indústria de aparelhos Android, o que pode significar que, caso a Google realmente resolva inovar em hardware nos Pixel 3, suas novidades podem acabar em praticamente todos os aparelhos das parceiras. Possíveis melhorias nesse sentido provavelmente estariam intrinsecamente ligadas ao Android em si.

pixel 3

O que podemos imaginar com certa segurança a respeito do próximo Pixel é que ele terá novamente a melhor câmera mobile do mundo, como foi o caso do Pixel original e do Pixel 2. Mas a grande expectativa mesmo é para o fim dos problemas bobos de hardware (telas ruins, áudio problemático e bootloop, que vêm minando a confiança dos smartphone da Google desde a era Nexus.

No fim das contas, entretanto, ainda não temos vazamentos sobre os Pixel 3 nem rumores mais confiáveis para falar com propriedade a respeito do hardware como um todo.

Lançamento esperado: 4º trimestre de 2018

***

O que você achou da nossa lista? Acha que deveríamos ter colocado algum outro aparelho na seleção? Explique o porquê na nossa seção de comentários abaixo.

Cupons de desconto TecMundo: