Google apresentou seus novos smartphones ao mundo hoje (04) e, ao passo que deixou os fãs do Android muito animados, também decepcionou algumas pessoas por ter tirado o plugue para fones de ouvido de 3,5 mm que existia na geração passada. Isso quer dizer que, caso você queira usar seus atuais fones de ouvido com um Pixel 2 ou Pixel 2 XL, terá que valer-se de um adaptador que vem na caixa. Contudo, o acessório é bem pequeno, e, se você o perder, terá que gatar US$ 20, o equivalente a R$ 62 sem considerar impostos.

Esse é um valor bem alto para um adaptadorzinho minúsculo que tem apenas uma porta. A Apple, por exemplo — que também resolveu eliminar os plugues de 3,5 mm de seus smartphones —, vende um adaptador de Lightning para 3,5 mm por US$ 9 em sua loja oficial nos EUA, menos da metade do que a Google está cobrando. E olha que estamos falando da Apple, a empresa que consegue cobrar mais caro que suas concorrentes em praticamente qualquer segmento.

Caso um usuário dos novos Pixels queria carregar seu smartphone enquanto ouve música, entretanto, o problema é um pouco mais complicado. Não existe uma opção oficial da Google que tenha uma porta USB-C extra além do plugue de 3,5 mm, mas a empresa vende um acessório da Moshi para esse fim. Infelizmente, ele é bem caro: US$ 44,95, incríveis R$ 140.

Fazendo mais uma vez uma comparação com a Apple, um acessório que oferece uma porta Lightning e uma de 3,5 mm para fones de ouvido custa US$ 35 na loja da Apple, o equivalente a R$ 109. Caro, porém ainda mais barato do que as opções da Google.

Para ambas as situações, existem produtos mais baratos na Amazon, mas os reviews dos compradores são bem desencorajadores. Portanto, quem comprar um dos novos Pixel no exterior e trouxer para o Brasil é melhor usar fones Bluetooth ou nunca perder seu adaptador.

Cupons de desconto TecMundo: