O Mi Mix 2 foi apresentado oficialmente nesta segunda-feira (11) pela Xiaomi. A companhia já provou ter cacife para brigar na ponta da tabela contra as gigantes do setor mobile, apesar de sua frustrada (e talvez equivocada) tentativa de criar raízes no Brasil. No entanto, seu poderio fica evidente outra vez, com um aparelho de 6 polegadas e praticamente sem bordas.

O smartphone traz em suas configurações um processador Snapdragon 835, 6 GB de memória RAM e opções que variam entre 64 GB e 256 GB para armazenamento interno. O Mi Mix 2 conta ainda com uma bateria de 3.400 mAh, um valor considerável, mas significativamente menor do que os 4.400 mAh de seu antecessor.

Xiaomi Mi Mix 2Xiaomi Mi Mix 2 é anunciado oficialmente e conta com uma versão feita em cerâmica (foto)

Construído em corpo único de metal, o dispositivo será vendido também em uma versão especial feita em cerâmica. A tela ocupa praticamente toda a parte frontal do aparelho, seguindo a tendência apresentada no primeiro Xiaomi Mi Mix, que já foi analisado aqui no TecMundo.

Ela está disponível em duas cores e conta com basicamente as mesmas especificações do modelo convencional, com diferença apenas na memória RAM (8 GB) e no armazenamento interno (128 GB). Nenhuma edição do Mi Mix 2 traz suporte para cartão de memória.

Especificações completas

  • Tela: IPS LCD de 5,99 polegadas com resolução Full HD (2160x1080 pixels), 403 ppi e 80,8% de aproveitamento de tela
  • Processador: Snapdragon 835 octa-core (4x 2,45 GHz Kryo e 4x 1,9 GHz Kryo)
  • GPU: Adreno 540
  • Memória RAM: 6 GB (ou 8 GB no modelo em cerâmica)
  • Armazenamento interno: 64 GB ou 256 GB (128 GB apenas no modelo em cerâmica)
  • Câmera traseira: 12 megapixels, flash duplo de LED e autofoco com detecção de fase
  • Câmera frontal: 5 megapixels
  • Conectividade: WiFi 802.11 a/b/g/n/ac, banda dupla, Bluetooh 5.0, GPS/A-GPS/GLONASS, NFC, USB-C, leitor de impressão digital
  • Bateria: 3.400 mAh
  • Dimensões: 151,8 x 75,5 x 7,7 milímetros
  • Peso: 185 gramas
  • Sistema operacional: Android 7.1 (Nougat) com a interface MIUI 9

Xiaomi Mi Mix 2Versão básica do Mi Mix 2 feita em metal

Poderio e suporte global

Outro destaque especial do Mi Mix 2 é o seu “suporte global”. Apesar de não ser vendido em todos os países do mundo, o dispositivo conta com modelos que funcionarão em nada menos do que 43 bandas de telefonia móvel distintas. Isso é um alento para os entusiastas da marca aqui no Brasil, por exemplo, que poderão importá-lo tendo a garantia do funcionamento pleno do dispositivo por aqui.

As especificações do Mi Mix 2 o colocam em uma posição bastante avançada em relação aos seus principais concorrentes do ano — leia-se Galaxy Note 8LG V30 e provavelmente o Huawei Mate 10 e o iPhone X/iPhone 8. Além de trazer configuração de ponta, a sua versão em cerâmica representa um diferencial especial para quem procura um aparelho ainda mais bonito e exclusivo.

Preço e disponibilidade

Como é de praxe para alguns dos principais lançamentos da Xiaomi, o Mi Mix 2 deve ser oficialmente lançado apenas na China e em outros países asiáticos. A companhia não confirma sequer a sua chegada à Europa, por exemplo. O aparelho está disponível nas cores preta e branca e começa a ser vendido em 15 de setembro. Seu preço varia entre US$ 506 (cerca de R$ 1,6 mil) e US$ 720 (cerca de R$ 2,2 mil).

Cupons de desconto TecMundo: