Depois de diversas fontes ligadas à linha de produção da Apple afirmarem que o iPhone 8 não vai atrasar, como era esperado incialmente, o periódico The Korea Herald traz um novo rumor afirmando que o aparelho vai sim chegar atrasado em 2017. Segundo fontes anônimas do veículo sul-coreano, em vez de aparecer em setembro, o aparelho comemorativo da Apple seria lançado em novembro.

A publicação cita uma fonte supostamente ligada à produção do painel traseiro do vindouro smartphone na Coreia do Sul. “O design da parte traseira do iPhone ainda não foi finalizado”, afirmou a dita fonte. “Nós ainda estamos esperando a Apple enviar uma decisão final antes de começarmos a entregar esse componente”, completou.

Somente o iPhone 7s e o 7s Plus vão aparecer no evento da empresa no mês que vem

O mesmo rumor ainda explica que Maçã continua firme com os planos para setembro, entretanto. Mas somente o iPhone 7s e o 7s Plus vão aparecer no evento da empresa no mês que vem. Assim, o iPhone “diferentão”, com tela OLED e bordas mínimas seria um segundo lançamento, uma edição especial para as vendas de fim de ano.

Outra fonte contatada pelo The Korea Herald ainda aponta para o Touch ID como uma das razões para o atraso. “A leitura de impressões digitais, que é parte importante para assegurar a integridade do Apple Pay, precisa estar livre de falhas. A Apple parece não ter conseguido desenvolver com sucesso a tecnologia no iPhone 8”, comentou a segunda fonte anônima.

Será?

É interessante considerar que essa publicação não é exatamente uma fonte de rumores ou vazamentos confiável acerca da Apple. Por outro lado, os rumores sobre a LG e a Samsung normalmente procedem quando provenientes desse veículo.

Outro detalhe que pode fazer esse rumor ficar ainda mais suspeito é o fato de praticamente todas as fontes que divulgam vazamentos confiáveis sobre a Apple já terem mudado de discurso acerca desse possível atraso. Praticamente todas apostam em um lançamento dos três novos iPhones para setembro. Contudo, só teremos certeza disso em no próximo mês.