Via de regra, a Apple costuma apresentar o iPhone ao mundo em algum momento de setembro. Entretanto, algumas pessoas acreditam que talvez tenhamos um atraso com o modelo deste ano, e isso pode ser algo um tanto quanto problemático para a Maçã de acordo com o Bank of America.

Segundo Wamsi Mohan e Stefano Pascale, funcionários do banco e responsáveis por um relatório enviado a investidores, há uma chance de que o iPhone 8 acabe atrasando entre três e quatro semanas para chegar às lojas por conta de problemas com o leitor de digitais e com os sensores 3D que serão adicionados ao aparelho. A possibilidade de oferecer o dispositivo com carregamento sem fio também pode ser inclusa nessa relação.

A Maçã veria uma diminuição de 11 milhões de aparelhos enviados às lojas no trimestre que se encerra em setembro

Por conta disso, a Maçã veria uma diminuição de 11 milhões de aparelhos enviados às lojas no trimestre que se encerra em setembro, e esse número passaria a ser de seis milhões no final do ano. Em contrapartida, isso não significa grandes perdas nas vendas, já que se espera que a companhia aumente em 10 milhões o número de smartphones enviados às lojas até março, com expectativas de 243 milhões de dispositivos disponibilizados no mercado até o final do ano fiscal de 2018.

Um detalhe que vale ser mencionado é que não há indícios de que esse relatório seja algo gerado de maneira independente pelo Bank of America ou apenas um apanhado de várias coisas que já estão na rede, algo que ainda não havia sido esclarecido até a publicação dessa notícia. E você, também acredita em um atraso na apresentação do iPhone 8? Deixe a sua opinião no espaço destinado aos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: