Diretor de Duna diz que filmes da Marvel ‘recortam e colam' de outros

2 min de leitura
Imagem de: Diretor de Duna diz que filmes da Marvel ‘recortam e colam' de outros
Imagem: Featureflash Photo Agency/Shutterstock
Avatar do autor

O diretor Denis Villeneuve, responsável por produções como A Chegada, Blade Runner 2049 e o vindouro Duna, criticou os filmes da Marvel. Ele disse que os longas-metragens da empresa não são originais e, na verdade, reciclam ideias.

"Existem muitos filmes da Marvel que nada mais são do que recortar e colar de outros”, disparou em entrevista ao site El Mundo, nesta quarta-feira (15).

Assim como Villeneuve, outros cineastas já falaram mal da chamada “fórmula” do Marvel Studios. Um dos mais incisivos foi Martin Scorsese, que durante entrevista em 2019 chegou a dizer que a empresa não faz cinema.

“Sinceramente, o mais próximo que eu posso pensar que eles chegam, por mais bem feitos que sejam, com atores fazendo o melhor que podem nessas circunstâncias, é de um parque de diversões. Não é o cinema de seres humanos tentando passar experiências emocionais, psicológicas, para outro ser humano”, argumentou à época.

Martin Scorsese

Não satisfeito, ele voltou a tecer comentários negativos meses depois, dizendo que “está tudo bem para quem gosta desse tipo de filme, e a propósito, sabendo o que acontece com eles agora, admiro o que eles fazem. Não é o meu tipo de entretenimento, simplesmente não é”.

Também em 2019, após as falas de Scorsese, o premiado diretor de cinema Francis Ford Coppola pegou ainda mais pesado. "Martin estava sendo gentil quando disse que não era cinema. Ele não disse que era desprezível, é o que eu digo”, reclamou durante conversa com a imprensa no festival francês Prix Lumière.

“Quando Martin Scorsese diz que os filmes da Marvel não são cinema, ele está certo porque esperamos aprender algo com o cinema, esperamos ganhar algo, alguma iluminação, algum conhecimento, alguma inspiração”, acrescentou.

Outro lado

Apesar das críticas pesadas, várias pessoas relevantes já disseram que gostam dos filmes de super-heróis. Entre eles, o também consagrado diretor Steven Spielberg. “[...] o filme de super-herói que mais me impressionou é um que não se leva muito a sério: Guardiões da Galáxia. Quando a exibição dele acabou, eu saí com a sensação de ter visto algo novo no cinema, sem qualquer cinismo nem medo de ser dark, quando necessário", afirmou em 2016, durante o Festival de Cannes.

O diretor de Guardiões da Galáxia, James Gunn, chegou a rebater Scorsese neste ano. Em entrevista ao podcast Happy Sad Confused, Gunn disse que o colega cineasta fala esse tipo de coisa para aparecer.

“Eu só acho que parece muito cínico que ele continue se manifestando contra a Marvel e então se aproveite [do destaque nas mídias] para promover seus filmes. Ele está criando [novos projetos] através da sombra da Marvel, então ele usa isso para chamar a atenção para algo que não estava recebendo tanta atenção quanto queria”.

Guardiões da Galáxia