Coronavírus faz downloads de torrents aumentarem em todo o mundo

1 min de leitura
Imagem de: Coronavírus faz downloads de torrents aumentarem em todo o mundo
Imagem: Unsplash
Avatar do autor

A pandemia do novo coronavírus colocou muitas pessoas em quarentena, dentro de suas casas. Com um maior acesso à internet, uma das opções para passar o tempo é consumir conteúdo online. Mas além dos tradicionais serviços de streaming, como Netflix e Prime Video, o número de downloads de torrents também cresceu muito nas últimas semanas.

De acordo com dados levantados pelo I Know What You Download, na Itália, primeiro país a sofrer intensamente os impactos da covid-19 na Europa, o número de downloads subiu de 592 mil, para 810 mil entre os meses de janeiro e março. Neste mesmo período, os números de IP registrados passaram de 213 mil para 304 mil.

Variação de downloads e números de IP em serviços torrentVariação de downloads e números de IP em serviços torrentFonte:  Torrent Freak 

O TorrentFreak divulgou recentemente um relatório alegando que na Itália, que possui diversos sites locais para downloads de torrent, vem apresentando um número cada vez maior de acessos. De acordo com a publicação, “As pesquisas de sites locais populares como Guardaserie, Filmpertutti, Altadefinizione, CB01 e Eurostreaming, dispararam nos últimos dias na Itália. Todos esses estão entre os principais sites piratas do país, onde sites piratas locais geralmente ofuscam os internacionais”, informou o TorrentFreak.

Conforme o novo coronavírus foi atingindo outros países, variações similares também puderam ser observadas. Espanha, segundo país europeu mais afetado pela doença, apresentou uma variação semelhante à vista na Itália. O mesmo pôde ser observado na França, Reino Unido, Argentina, Arábia Saudita e Singapura.

Padrão semelhante ao da Itália também pode ser observado em outros paísesPadrão semelhante ao da Itália também pode ser observado em outros paísesFonte:  Torrent Freak 

Enquanto isso, os serviços de streaming também estão precisando lidar com o aumento do consumo por parte dos assinantes. A Netflix, por exemplo, precisou diminuir a qualidade do conteúdo em vários países, inclusive no Brasil. Em março, a plataforma chegou a registrar instabilidade no país.

Coronavírus faz downloads de torrents aumentarem em todo o mundo