Está certo que, quando falamos de animes de ficção científica, um pouco de suspensão de descrença é sempre necessário. Máquinas capazes de voar ou levitar como se isso fosse terça-feira? Nada problemático. Armas que disparam feixes laser? Nenhuma novidade. Um personagem usando seu celular para lançar magias teleguiadas com a ajuda do Google Maps do seu celular? Bom... É aí que a coisa começa a beirar o ridículo.

Obviamente, é justamente essa capacidade de levar conceitos e ideias a alturas que mesmo séries e filmes não conseguem acompanhar que faz todos nós, otakus, gostarmos tanto de assistir animes. Mas convenhamos que, em alguns casos, a maneira como eles tratam a tecnologia é difícil de acreditar, seja por praticamente “forçar a barra” para nossa suspensão de descrença ou porque, bem... A ciência simplesmente não funciona assim.

Pensando nisso, o TecMundo resolveu trazer uma de nossas listas de animes com uma ideia um pouquinho diferente. No lugar de recomendar séries, como de costume, separamos alguns casos de tecnologias tão absurdas ou estranhas que deixa até o maior otaku um tanto incrédulo. Não que isso diminua nosso amor por essas animações, claro.

ATENÇÃO: Este artigo está repleto de spoilers, então siga por sua própria conta e risco.

1- Magia feita com tecnologia

Nanoha

Começamos nossa lista com um dos exemplos mais curiosos de todos, em que aparelhos eletrônicos avançados são capazes de executar ou controlar magia.

No mundo de The Irregular at Magic High School, por exemplo, a magia seria um efeito comprovado cientificamente, de maneira que os personagens da série controlam suas conjurações através de armas, braceletes e outros objetos. Na prática, isso permite eles programar poderes e fazerem praticamente o que quiserem com o pressionar de um botão.

Meu caso favorito disso, no entanto, é nada menos do que Mahou Shoujo Lyrical Nanoha, um anime em que garotas utilizam armas com inteligência artificial altamente avançada capazes de conjurar magias. É só ver, por exemplo, o vídeo abaixo, em que a protagonista da série usa seu cajado (que, por algum motivo, ganha asas de anjo) carregado com munição mágica para lançar seu “Divine Buster” – basicamente, um Kamehameha divino.

Completamente sem sentido? Com certeza. Exagerado ao máximo? Sem dúvidas. Mas sejamos sinceros: você deixa isso passar só por cenas épicas como essas.

2- *Insira aqui seu anime de mecha favorito*

Gundam Wing Zero vs Epyon

Lembra quando vimos os primeiros minutos da história de Code Geass (se você não viu, devia dar uma olhada em nossas recomendações de animes) e pensamos que um tanque de guerra realmente não teria a menor chance contra um mecha? Pois é, depois do que vimos algumas semanas atrás, parece que não poderíamos estar mais longe disso.

O fato é que, por mais que mechas tenham se tornado extremamente comuns na cultura pop como um todo, os animes os levam a níveis absurdos. Isso vai desde robozões capazes de viajar na velocidade da luz como se não fosse nada a casos como os mechas de Macross 7, com tecnologias que os tornavam capazes de usar, de alguma forma, o poder da música para lutar no espaço.

Se é totalmente impossível que mechas “de verdade” acabem surgindo, com o passar das décadas (ou mesmo séculos)? Para a alegria de nós, otakus, a resposta é “não”. Mas é bem provável que, quando isso acontecer, eles sejam muito mais parecido com os limitados robozões da clássica série Patlabor, em que mesmo comandos simples de movimento eram ridiculamente difíceis de executar.

3- Dragon Ball e suas cápsulas

Cápsulas de Dragon Ball

De todos os itens da lista, as Cápsulas feitas pela Corporação Cápsula no universo de Dragon Ball são certamente as mais conhecidas pelo público; além, claro, de estarem entre as mais cobiçadas. Afinal, quem nunca gostaria de ter praticamente qualquer coisa – de eletrodomésticos a carros, submarinos, aviões e construções inteiras – em uma cápsula que cabe no bolso?

Não é preciso ser nenhum gênio para imaginar que isso é uma ideia que beira o impossível. Por mais incrível que a ideia seja, encontrar uma maneira de miniaturizar dispositivos inteiros para dentro de uma cápsula sem que eles pesem ou sejam danificados – e ainda se remontem em uma explosão de fumaça com o simples pressionar de um botão – está, no mínimo, a décadas de distância de nós.

4- Em outro mundo com um smartphone

Se você reconheceu a piada que fizemos no começo do texto, provavelmente já esperava encontrar Isekai Wa Smartphone Tomo Ni nessa lista. E não é à toa: o aparelho ainda permite ao nosso herói da aventura acompanhar tudo o que acontece no mundo normal, enquanto viaja por um mundo medieval mágico.

Acha que isso é tudo o que o aparelho pode fazer? Nem de longe. Além do exemplo que citamos antes, o smartphone ainda é capaz de façanhas como você pode ver abaixo, em que a câmera do celular literalmente consegue ver atrás das paredes – convenientemente bem na hora que uma das heroínas está terminando sua troca de roupas.

É claro que, no fim das contas, é difícil questionar demais os poderes de um smartphone dado por ninguém menos do que Deus. Mas que ele consegue ser o dispositivo eletrônico com potencial mais exagerado que já vimos – principalmente nas mãos do protagonista – disso não temos dúvida.

5- Bem-vindo à realidade virtual

Asuna com NerveGear

Por mais que tenhamos evoluído consideravelmente nossas tecnologias voltadas para a realidade virtual, precisamos admitir que ela ainda é bastante limitada, seja pelos acessórios desengonçados ou a falta de elementos como respostas hápticas e sensores de movimento completos.

Nos animes, por outro lado, a situação é completamente diferente. Vejamos, por exemplo, o caso do aclamado Sword Art Online: mesmo sendo simples capacetes, os NerveGears eram capazes de reconhecer boa parte de nossos dados biométricos e nos colocar em um estado de “animação suspensa” durante a jogatina - além, claro, de dobrar como um super raio de microondas para fritar os cérebros dos perdedores.

SAO Ordinal ScaleComo se não fosse suficiente, até o sistema de realidade aumentada se SAO faz o que temos atualmente parecer uma piada

Não achou isso suficiente? Então que tal ver o caso da Com.net de Corrector Yui, no qual a protagonista eventualmente era capaz de entrar usando apenas um relógio ultra tecnológico?

Obviamente, não podíamos deixar de lado nada menos do que Digimon, que talvez seja o mais absurdo entre todos os casos desse item. Isso porque não apenas o mundo digital da série foi criado de maneira completamente esporádica, como também se tornou capaz de levar pessoas fisicamente para seu mundo – e as criaturas vindas de lá também existiam na Terra como se fossem de carne e osso.

6- Tecnologia movida a força de vontade

Gurren Lagann

Está certo que boa parte dos animes costumam se safar de problemas com relação a fontes de energia simplesmente usando um novo tipo de reator de fusão ou algo parecido. Mas alguns animes preferem fontes no mínimo inusitadas. Caso em voga: Puella Magi Madoka Magica.

Para quem não conhece o anime (nesse caso, lembramos de novo que você realmente deveria conferir nossas sugestões de séries japonesas), Madoka conta a história de uma jovem que tem a chance de se tornar uma garota mágica graças à ajuda de um capiroto simpático alien. Tudo vai às mil maravilhas até que o segredo da história é revelado: os alienígenas utilizam a energia desprendida pelos sentimentos das garotas ao ganharem seus poderes para evitar que o universo entre em Entropia.

Mesmo Tengen Toppa Gurren Lagann, um dos animes mais aclamados da história (e um de meus favoritos pessoais), não se sai muito melhor nessa história. Isso porque os robôs pilotados na série são movidos pela força de vontade de seu piloto – mas a nível que, com determinação suficiente, um mecha é capaz de se regenerar mesmo de danos enormes.

.....

Pois bem, essa foi mais uma de nossas listas feitas para o público otaku. É claro, esses não são nem de longe os únicos casos envolvendo a tecnologia, animes e ideias completamente estapafúrdias. Então, como sempre, deixamos a pergunta: lembra-se de outros usos absurdos da tecnologia no mundo dos animes? Não se esqueça de deixar aqueles que vierem à sua cabeça em nossos comentários.

Cupons de desconto TecMundo: