Apple quer bater de frente contra os gigantes do mercado de streaming audiovisual — leiam-se Netflix, Hulu, Amazon, YouTube, entre outros — e já há algum tempo vem procurando por produtores, artistas e roteiros originais. Depois de duas investidas que não trouxeram muita visibilidade — Planet of the Apps e Carpool Karaoke —, os próximos projetos prometem mais retorno, já que contam com nomes de peso na indústria, como Steven Spielberg, Jennifer Aniston, Reese Witherspoon, entre outros.

A primeira atração é conhecida do público mais velho. Spielberg vai trazer de volta a série de terror, fantasia e ficção científica Amazing Stories, uma antologia de contos aparentemente absurdos baseado em coletâneas publicadas nos anos 20 por escritores como H.G. Wells, Júlio Verne, Edgar Allan Poe, entre outros.

Amazing Stories

Exibida de 85 a 87, Amazing Stories também foi influenciada pelo clássico Além da Imaginação (ou Twilight Zone) e pavimentou o caminho para tramas como as de Black Mirror. O revival terá orçamento de US$ 5 milhões por episódio e o showrunner será Bryan Fuller, de Hannibal.

Dupla de Friends em drama de estúdio de TV

Outra atração será um drama vivido por Jennifer Aniston e Reese Witherspoon, que foram irmãs na série Friends. Ambas também entram na produção, ao lado de Michael Ellenberg e Jay Carson, roteirista premiado por House of Cards que assina trama original de 20 episódios. A história terá apoio do livro Top of the Morning: Inside the Curtthroat World of Morning TV, de Brian Stelter, jornalista da CNN.

Friends Aniston WitherspoonJennifer Aniston e Reese Witherspoon na época em que contracenavam juntas em Friends

Segundo o Hollywood Reporter, o show é descrito como “uma visão interna das vidas das pessoas que ajudam a América acordar pela manhã, explorando os desafios únicos enfrentados por mulheres e homens que realizam esse ritual diário televisionado”. Assim como Amazing Stories, ainda não há data definida para estreia.

Sem detalhes sobre distribuição

A Apple recrutou no início do ano os ex-presidentes da Sony Pictures TV, Jamie Erlicht e Zack Van Amburg, para montar uma grade de programas originais com investimento inicial de US$ 1 bilhão. Depois das experiências com Planet of the Apps e Carpool Karaoke, essas serão as duas séries que prometem colocar a Maçã em franca disputa.

Contudo, ainda fica a dúvida sobre a distribuição. Será somente via iTunes? Haverá algum upgrade nas plataformas atuais para oferecer esse conteúdo nos moldes dos concorrentes? Usuários de iPhones terão regalias? Essas questões ainda estão em aberto e o jeito é aguardar mais um pouco para saber tais respostas.

Cupons de desconto TecMundo: