Se você estava desanimado com a notícia de que Cortana só estaria disponível em português no ano que vem, saiba que temos boas notícias: diferente do que pensávamos, o Brasil terá a assistente pessoal ainda em 2015. Ao menos para parte do público.

Nosso país não vai ser o único, é claro: México e Canadá (nesse último caso, em francês) também devem receber o mesmo tratamento da Microsoft. Antes de sair nesses territórios, contudo, tivemos a promessa de que Cortana estará disponível no Japão e Austrália, bem como Canadá e Índia, em inglês.

A novidade vem com uma pergunta importante: Cortana será capaz de nos compreender em português? A resposta e um belo “sim”. Mas a Microsoft não vai se limitar apenas a isso, de fato – ela também pretende adaptar todo o funcionamento da assistente para o público do país em que você está, de maneira que Cortana vai ser “diferente” em cada território.

Personalizada para seu mercado

Uma afirmação como essa pode parecer um tanto estranha, de início. Felizmente, a empresa explicou o caso em mais detalhes. Segundo a companhia, a ideia teve base em uma extensa pesquisa de mercado, que mostrou várias diferenças no gosto de cada país; do tipo de voz apreciado pelas pessoas ao tom de fala de Cortana, os termos usados, suas expressões idiomáticas e seu humor.

Como resultado, quem utilizar o aplicativo no Reino Unido, por exemplo, vai encontrar uma voz feminina que soa tranquila, mas com um pouco de falsa modéstia; que usa de um tom irônico e de um humor sarcástico para respondê-lo, quando percebe que você está brincando. Da mesma forma, a maneira de falar de Cortana na China dá a impressão de ela estar sempre sorrindo, como o vídeo abaixo mostra, enquanto na Itália ela mostrará um maior orgulho nacional ao falar.

Mais do que personalidade, apenas

Por mais que hajam diferenças nas atitudes assistente pessoal, contudo, a Microsoft garante que permaneceu fiel aos “princípios fundamentais” apreciados por todos: “Cortana é positiva, confiante, inteligente e transparente”, afirmou Marcus Ash, gerente de programa de grupo de Cortana, no anúncio.

E não pense que a capacidade de customização de Cortana vai ficar em sua personalidade. Graças às pesquisas da Microsoft, a companhia soube identificar diversos itens especialmente úteis que o público de cada país costuma usar – afinal, ela ainda é uma assistente pessoal.

Na China, por exemplo, Cortana vai oferecer constantemente dados de monitoramento sobre a qualidade do ar (algo bastante preocupante para os chineses, visto a má qualidade que o ar do país vem apresentando). Avisos de datas comemorativas específicas de um país também foram confirmadas.

E quanto ao Brasil: no que Cortana vai mudar? Infelizmente, nada foi revelado sobre isso, até o momento, então provavelmente teremos que esperar mais algum tempo para descobrir.

Em 2015 ou 2016, afinal?

Não adianta se animar tanto assim com a ideia de usar Cortana ainda neste ano, porém. Isso porque, segundo o anúncio oficial da Microsoft, a novidade chega apenas para quem faz parte do programa Windows Insider. Felizmente, tornar-se parte dele é fácil; basta clicar aqui para acessar a página do registro e fazer o cadastro.

Quanto a quem prefere continuar sem participar do programa, não há uma previsão: como não foi revelada uma data oficial para sua chegada a todo o resto do público, pode ser muito bem que a versão final da assistente seja lançada apenas em 2016... Mas torçamos que seja mais cedo. E enquanto isso, os donos de um aparelho Android podem curtir o aplicativo, já que seu APK vazou para a plataforma apenas alguns dias atrás.

Quando a Cortana irá chegar no Brasil? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: