(Fonte da imagem: Reprodução/About)

Você está precisando montar um desktop, mas não tem muita grana para investir no momento? Tudo bem, nós separamos algumas peças que vão caber certinho no seu bolso. A principal vantagem de se montar um desktop em vez comprar um pronto é que você saberá exatamente quais as peças que estão na sua máquina, já que algumas montadoras nem sempre revelam essas informações nos anúncios.

Se a comparação for feita com um notebook, existem ainda outras vantagens, como a possibilidade de upgrades como mais memória, um HD maior ou até mesmo uma placa de vídeo para jogos.

Tanto Intel quanto AMD possuem linhas de processadores mais baratas, e alguns dos novos modelos das duas empresas já trazem chips gráficos integrados, o que garante mais desempenho. Isso significa que não é exatamente por não custar muito que a máquina não vai ser boa.

O nosso objetivo é construir um equipamento barato, que não vai rodar jogos pesados mas servirá perfeitamente para realizar a maioria das atividades mais comuns do dia a dia, como trabalhos, pesquisa na internet, jogos casuais, filmes e músicas.

O orçamento que definimos para o projeto ficou na casa dos R$ 650, valor próximo ao que é cobrado por máquinas já prontas à venda no varejo.

Processador 

Média de preço: R$ 90

O nosso objetivo é montar a máquina com um orçamento limitado, mas ainda assim é possível escolher os modelos. Vamos trabalhar com duas CPUs distintas, uma AMD e uma Intel. O desempenho das duas é semelhante e o que deve definir a compra é a preferência pela marca, já que a faixa de preço é a mesma para os dois modelos.

  • AMD: Sempron 145 2,8 GHz AM3
  • Intel: Celeron G470 2,0 GHz LGA 1155

(Fonte da imagem: Reprodução/Kabum)

 

Placa-mãe

Média de preço: R$ 150

Para dar suporte ao processador, é preciso escolher uma placa-mãe adequada e que também caiba dentro do orçamento. A Gigabyte possui alguns modelos bem em conta, tanto para Intel quanto AMD. A maioria desses modelos é fabricada no Brasil e oferece componentes de qualidade. Tudo o que você precisa fazer é escolher a placa que combina com o processador selecionado anteriormente.

Além do mais, essas placas trazem suporte a processadores mais potentes, caso você pense em dar um upgrade na máquina depois de algum tempo.

  • AMD: Gigabyte GA-78LMT-S2 AM3+
  • Intel: Gigabyte GA-H61M-S1 LGA1155

(Fonte da imagem: Reprodução/Gigabyte)

Memória

Média de preço: R$ 150

Sabemos que memória RAM nunca é demais. Como esse componente não é mais tão caro quanto antes, podemos adicionar 4 GB na máquina e deixar um espaço razoável para o sistema processar os aplicativos. Essa quantidade de RAM é mais que suficiente para as tarefas mais comuns do dia a dia e até mesmo se divertir com alguns games ou filmes.

  • RAM: Kingston KVR13N9S8/4 – 4 GB 1.333 MHz DDR3

(Fonte da imagem: Reprodução/Kingston)

Armazenamento

Média de preço: R$ 190

Atualmente é difícil encontrar um HD SATA menor que 500 GB disponível no mercado. Se isso for possível, o seu preço terá pouca diferença para o modelo maior. Isso acontece devido ao processo de fabricação do equipamento, já que fazer um modelo de 250 ou 500 GB exige praticamente os mesmos componentes. Em tamanhos maiores a coisa já muda um pouco de figura, o que faz o preço aumentar consideravelmente.

Deste modo, podemos afirmar que um HD desse tamanho apresenta a melhor relação custo x benefício. Você terá bastante espaço para guardar os seus arquivos, incluindo fotos, filmes e jogos.

  • HD: Western Digital Caviar Blue WD5000AAKX - 500 GB 7.200 RPM

(Fonte da imagem: Reprodução/WD)

Gabinete + Fonte

Média de preço: R$ 80

Na hora de montar um computador, sempre é recomendado trabalhar com uma fonte de alimentação de boa qualidade, com potência real e de marca confiável. Entretanto, precisamos manter o nosso orçamento estreito dentro dos limites. Sendo assim, optamos por um gabinete que já traz uma fonte de alimentação de fábrica. Esse tipo de equipamento não é recomendado para sistemas mais robustos, mas vai funcionar perfeitamente em computadores mais simples em que o consumo energético é baixo, como esse que estamos montando.

  • Gabinete: WiseCase ATX 4B FT401 Preto c/ Fonte

(Fonte da imagem: Reprodução/Kabum)

Outras opções

Pronto! Sua máquina já está montada. Mas você não precisa parar por aí. Como dissemos antes, a montagem de um desktop permite a personalização completa dos componentes. Sendo assim, podemos substituir uma ou outra peça, ou até mesmo fazer a atualização da máquina quando sobrar um pouco de grana.

Vale lembrar que é preciso ter coerência na hora de escolher os componentes, ou seja, não adianta investir muito em uma placa de vídeo para jogos se o processador for fraco, ou vice versa. É preciso sempre trabalhar com peças da mesma categoria para evitar “gargalos” no sistema.

Placa de vídeo: até R$ 200

  • NVIDIA: GeForce GT 620
  • AMD:  Radeon HD 6450

Placa de vídeo: até R$ 300

  • NVIDIA: GeForce GT 630
  • AMD: Radeon HD 6670

Placa de vídeo: até R$ 500

  • NVIDIA: GeForce GTX 650
  • AMD: Radeon HD 7750

Fonte de alimentação: até R$ 200

  • Corsair CX-430W

Monitor: até R$ 300

  • Monitor AOC LED E1670Swu 15,6 Polegadas

Monitor: até R$ 500

  • Monitor LG LED E2241V 21,5 polegadas

Processador: até R$ 400

  • AMD FX-6300 3,5 GHz AM3+
  • Intel Core i3 3240 3,4 GHz 3 MB LGA1155

E para o futuro?

A todo momento, o mercado recebe novos equipamentos. Há poucos dias vimos os novos processadores AMD que devem chegar já nas próximas semanas. A arquitetura Kabini promete um desempenho razoável a um custo extremamente baixo. Isso deve pavimentar o caminho para máquinas baratas com mais desempenho, já que as novas APUs possuem um acelerador gráfico mais poderoso incluído.

A Intel também deve apresentar novos processadores ainda este ano, também com aceleradores gráficos embutidos no chip mais poderosos que os atuais. Podemos esperar produtos no mesmo patamar de preço da AMD.

Na hora de montar um computador, é sempre bom pensar em diversos fatores: investimento, uso da máquina e possibilidade de upgrades, já que essa é uma ótima vantagem dos desktops.

É claro que os componentes que sugerimos nesse artigo não são definitivos, afinal de contas, o mundo da tecnologia nos oferece novidades praticamente todos os dias. Entretanto, acreditamos que temos aqui um ótimo ponto de partida para quem quer montar o seu computador.

A consulta de preços foi feita entre os dias 14 e 17 de abril deste ano em diversas lojas do varejo, incluindo Kabum, MegaMamute, Buscapé e Mercadolivre. Não trabalhamos com preços fixos na tabela porque existem diferenças de valores para os mesmos componentes em estabelecimentos diferentes. Portanto, nunca deixe de pesquisar e comparar os preços.

Cupons de desconto TecMundo: