Evitando as marcações (Fonte da imagem: iStock)

Com a popularização do Facebook, nos últimos tempos não é difícil receber marcações em fotografias ou publicações. Porém, essas informações são exibidas não só na Linha do tempo de quem a realizou, mas também no mural da pessoa que recebeu a identificação. Por isso, não são todos que realmente gostam dessa funcionalidade.

Talvez você não esteja com aquela vontade de compartilhar as fotos da festa no seu mural, mas ferir os sentimentos de quem fez a marcação certamente também não está na sua lista de desejos. Assim, embora nas novas configurações da rede social não haja uma forma de impedir marcações, existem configurações para analisá-las antes que estas apareçam na sua Linha do tempo (para o caso de estranhos).

Além disso, também há algumas alternativas para limitar as pessoas que podem ver as marcações no seu perfil. Ficou interessado? Acompanhe o tutorial abaixo para descobrir como realizar tais configurações.

Vale apenas reforçar que este é um tutorial um pouco mais iniciante, voltado especialmente para quem ainda não conhece muito bem as preferências de privacidade no Facebook.

Aprovando as marcações

Com o seu perfil do Facebook já aberto no navegador, comece clicando na setinha que está presente na parte superior direita da tela, logo após o seu avatar e o link para voltar à página inicial. Então, escolha a alternativa “Configurações de Privacidade”.

Acessando as configurações de privacidade (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Em seguida, na lateral esquerda da tela, localize a alternativa “Linha do tempo e marcações” e a selecione.

Acesando as configurações de marcação (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Uma série de opções são abertas no lado direito da tela. Observe as alternativas presentes no setor “Como eu faço para gerenciar as marcações que as pessoas adicionam e as sugestões de marcação?”. A primeira, “Analisar marcações que as pessoas adicionam às suas publicações antes de serem exibidas no Facebook?”, pode ser considerada uma das mais importantes.

Veja que, como um padrão, ela vem “Desativada”. Para habilitar essa alternativa, selecione “Ativada” na caixa de seleção disponível na tela.

Ativando as configurações (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Feito isso, sempre que alguém tentar marcá-lo em uma fotografia ou publicação, o material é disponibilizado para a sua análise. Para autorizar o conteúdo, você deve clicar no botão “Registro de atividades” (na sua Timeline).

Abrindo o registro de atividades (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Em seguida, acesse “Análise da linha do tempo”. Ali, você pode ver a lista de publicações pendentes e escolher quais devem (ou não) ser aprovadas. Vale apenas reforçar que, quando você aprova uma marcação, tanto você quanto os seus amigos podem ver o conteúdo (além do dono da postagem e dos contatos dele).

Aprovando as marcações (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Essa configuração é quase perfeita, mas infelizmente funciona somente para quem não é seu amigo. Para o caso dos contatos, você possui apenas maneiras de limitar a audiência, como explicaremos a seguir.

Limitando a audiência

As outras duas configurações servem somente para fotos, não incluindo publicações em mural. Ainda nas opções de privacidade e nas opções de marcação, observe que há mais duas alternativas. “Quando você for marcado em uma foto, quem você deseja adicionar ao público caso já não estejam incluídos?” serve para você definir as pessoas (dos seus contatos) que podem ver as marcações.

Você pode selecionar “Somente eu”, limitando a visibilidade da marcação apenas a você (evitando, inclusive, que isso seja postado no seu mural ou apareça no quadro de fotos).

Limitando a visualização (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Como uma maneira alternativa, você pode definir quem pode ver uma marcação, escolhendo “Personalizado”. Então, uma nova janela é aberta para que você identifique as listas de contatos que podem visualizar as marcações (ou excluir determinada lista).

Ajustando as configurações (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

A última alternativa da lista, “Quem vê as sugestões de marcações quando as fotos parecidas com você são carregadas?”, funciona como uma medida de prevenção. Veja que, como um padrão, ela vem definida como “Amigos”. Se você modificar a configuração para “Ninguém”, sempre que uma pessoa carregar uma foto sua, você não é listado nas sugestões de marcação.

Evitando virar sugestão (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Vale apenas reforçar que isso não impede que a pessoa digite o seu nome, apenas o retira das sugestões para a marcação em uma fotografia. Agora você sabe como evitar marcações de estranhos ou “minimizar” o dano quando se trata daquelas feitas pelos seus contatos. No entanto, cabe relembrar que isso vale para todos os casos, não ocorrendo exceções.

Se você quer ser marcado eventualmente, o ideal, por mais que não seja a alternativa mais polida, é retirar as tags indesejadas.

Cupons de desconto TecMundo: