Como acessar o Gmail com a interface web fora do ar (Fonte da imagem: iStock)

Uma queda recente no serviço de emails da Google foi motivo para várias notícias e discussões internet afora. Isso ocorre pelo fato de que muitas pessoas dependem do acesso contínuo ao cliente nas empresas ou escolas, por exemplo, fazendo com que mesmo o menor tempo fora do ar seja percebido em vários lugares.

Porém, nem sempre quando a interface web do serviço está fora do ar o serviço inteiro está. Por isso, você pode tentar maneiras alternativas para acessar o Gmail. Quer conhecer algumas delas? Basta ler o artigo abaixo.

Versão HTML

Quando o Gmail demora muito para carregar, o serviço sempre oferece a versão HTML da página. Isso ocorre porque ela é mais leve, não abrindo temas e outras configurações de personalização que costumamos utilizar. Logo, se a interface completa do cliente da Google não vem conseguindo abrir corretamente, sempre vale a pena tentar utilizar essa forma de acesso.

Versão HTML (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Como uma forma mais fácil para fazer esse tipo de acesso ao Gmail, vale manter o link para a versão HTML como um favorito, para os casos de aperto. A interface aberta será simples, porém com tudo o que é necessário para você ler os seus emails e respondê-los.

Acessando pelo Modo de Segurança

Outra forma alternativa de acessar o Gmail é utilizando o modo de segurança. Essa é uma maneira útil para quem possui muitos “opcionais” vindos do Gmail Labs, pois a causa de o cliente não estar abrindo pode ser exatamente um conflito causado por eles. Isso não é uma regra, mas, como pode acontecer, sempre vale o teste.

Para fazê-lo, você pode utilizar este link, mas tenha em mente que nenhuma das funções pertencentes ao Gmail Labs vai estar funcionando. Como maneiras alternativas, você pode “pular” a verificação do navegador ou utilizar a versão antiga.

Abrindo pela versão para dispositivos móveis

Se a interface web do Gmail não abre, você pode sempre tentar utilizar a versão para dispositivos móveis. Ao contrário do que possa parecer, ela também pode ser aberta a partir de um desktop, pelo seu navegador de internet padrão. Para isso, basta clicar aqui.

Versão móvel (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

O layout da página pode não ser dos mais agradáveis para o uso no computador, mas, ainda assim, você será capaz de manipular as mensagens recebidas e enviar emails.

Utilizando o Offline Google Mail

Para este caso, é necessário utilizar o navegador Google Chrome e uma extensão chamada Offline Google Mail. Esse é um truque realmente muito útil para quem realmente não pode ficar sem acessar o cliente de emails. O complemento foi criado para situações nas quais você precisa manipular os seus emails sem uma conexão com a internet.

Usando o Offline Google Mail (Fonte da imagem: Baixaki/Tecmundo)

Embora algumas vezes o complemento não faça o armazenamento completo da sua Caixa de entrada no computador, o conteúdo salvo é o suficiente para você conseguir manipular a sua conta. Essa também é uma boa solução para quando você estiver com problemas de conexão. ATENÇÃO: nunca utilize essa extensão caso você esteja em um computador público sob o risco de roubo de dados.

Utilizando um programa para o desktop

Durante a última queda do Gmail, quem acessava o serviço por meio de um cliente de desktop (via IMAP e POP3) não chegou a ser afetado. Por isso, uma forma alternativa pode ser você possuir um deles (como o Mozilla Thunderbird) instalado no computador e configurado para a sua conta. Assim, se a interface web não estiver funcionando, talvez essa maneira de acesso esteja disponível.

Prevenção

Agora você conhece algumas formas alternativas para acessar o cliente de emails da Google. Ainda assim, mesmo que o Gmail seja um serviço que não costuma apresentar instabilidade, é sempre bom fazer um backup completo da sua conta. Assim, caso imprevistos aconteçam, o conteúdo estará disponível caso seja necessário.

Cupons de desconto TecMundo: