(Fonte da imagem: Reprodução/Kbaus)

Se você está sempre escrevendo, compartilhando e recebendo documentos diversos, como relatórios e planilhas, certamente você usa bastante dois aplicativos praticamente indispensáveis para esse tipo de rotina: o pacote Office e o Google Docs. Contudo, você também já deve saber que este último serviço recentemente perdeu o suporte para os formatos antigos de documentos feitos pelo Word, Excel e outros programas do pacote de escritório da Microsoft.

O Google Docs realmente agora só trabalha com arquivos feitos a partir da versão 2007 do Office (como DOCX), perdendo suporte para as extensões mais antigas e ainda muito utilizadas (o bom e velho formato DOC).

Porém, há algumas maneiras fáceis de driblar esse pequeno problema. Caso você tenha que frequentemente enviar documentos feitos no Google Docs para uma pessoa que possua Office 2003 ou anterior, basta você seguir as dicas abaixo para que nem ela e nem você tenham dores de cabeça com as tão confusas extensões.

1. Use conversores

    Certo, sabemos que essa não é a mais genial das soluções, mas uma das mais rápidas e comumente utilizadas. Há diversos conversores disponíveis gratuitamente para download ou uso online. Como esta segunda opção é certamente a mais prática, podemos recomendar o Media Converter, o Online Converter e o Zamzar.

    Todos esses serviços são extremamente práticos e convertem qualquer tipo de documento do Office em poucos segundos, sem quebras de formatação. Basta baixar o arquivo do Google Docs, convertê-lo usando algumas dessas opções e enviar ao destinatário normalmente.

    2. Use pacotes de compatibilidade

      Se você quiser não se preocupar com a questão de formatos — e é algo impossível convencer o destinatário a atualizar sua suíte de aplicativos —, você pode ao menos tentar fazer com que ele instale o Microsoft Office Compatibility Pack for Office 2007. Este plugin de nome extenso foi feito especialmente para versões mais antigas do pacote Office.

      Com ele instalado, o destinatário conseguirá abrir, editar e salvar arquivos de qualquer novo formato normalmente.

      4. Utilize outros formatos do Google Docs

      Se tudo mais falhar, você pode tentar enviar os documentos com outros formatos de arquivo. Na opção “Enviar por e-mail como anexo”, você pode salvar o seu trabalho com várias outras extensões. No caso de um documento de texto, por exemplo, você pode enviar como HTML, texto simples ou até mesmo colar automaticamente todo o conteúdo no corpo do email, sem perda de formatação (clique em “Colar o próprio item no e-mail”).

      O destinatário só precisa copiar e colar o conteúdo em um DOC novo (ou você mesmo pode enviar para si próprio e fazer isso).

      5. Utilize outros aplicativos de escritório

        Por último, é importante dizer que, embora ainda sejam bastante utilizados, não é difícil dizer que os formatos antigos do Office logo cairão no esquecimento, assim como os conversores e os plugins de compatibilidade. Por isso, nunca é demais lembrar que existem vários outros pacotes de escritório completamente gratuitos, que suportam todo tipo de extensão e que são constantemente atualizados.

        O maior representante desses softwares é com certeza o LibreOffice (antigo BrOffice), que, além de ser gratuito, é bastante leve e fácil de utilizar. Há ainda o Zoho Work, serviço completamente online semelhante ao Google Docs, mas que suporta qualquer extensão e, claro, também é de graça.

        Fonte: CNET

        Cupons de desconto TecMundo: