Está cada vez mais comum o comércio e a troca de dispositivos eletrônicos por aí entre desconhecidos (ou não) por sites de classificados ou redes sociais. Vai comprar um novo celular? É a chance de vender o velho e ganhar alguns trocados. Chegou a hora de mudar de PC? A máquina antiga pode ser doada ou repassada a um parente ou amigo.

Porém, é preciso ter certeza de que a máquina vai ser entregue "zerada" para o novo dono, o que significa que você precisa apagar todos os vestígios de uso do dispositivo, além de certificar-se de que dados pessoais, senhas e arquivos privados não ficaram esquecidos.

Às vezes, você acha que deletou tudo o que tinha de importante, mas não sabe que existem métodos de recuperação que podem extrair dados bem importantes — e perigosos, se caírem nas mãos erradas. Felizmente, existem métodos bem fáceis de garantir que isso não vai acontecer.

Pendrives e HDs externos

É fácil fazer uma boa faxina nesses dispositivos. No Windows, aplicativos com o CCleaner dão conta do recado.

No programa, você pode acessar a opção Ferramentas > Limpeza do dispositivo, selecionando o pendrive ou o HD externo em seguida.

Donos de Mac podem fazer isso sem a necessidade de um app externo. Abra o Utilitário de Disco, selecione a unidade removível e vá em "Apagar". Mova a alavanca para a opção mais segura, capaz de eliminar uma maior quantidade de dados.

Tablets e smartphones

Para dispositivos móveis, você deve restaurar o aparelho para as configurações de fábrica. Porém, antes disso, é preciso garantir que os seus dados estão devidamente criptografados, o que significa que eles não podem ser lidos por terceiros.

Donos de iOS podem ficar tranquilos, pois iPhones e iPads são criptografados por padrão. Por isso, tudo o que você precisa fazer é acessar Ajustes > Geral > Redefinir e tocar em "Apagar Todo o Conteúdo e Ajustes".

No Android, primeiro é preciso garantir a criptografia reforçada. Vá em Configurar > Segurança e "Codificar telefone" (ou tablet). Em seguida, "Fazer backup ou redefinir" e "Restaurar dados de fábrica".

A tradicional restauração de fábrica também funciona no Windows Phone. O caminho é Settings > About > Reset your phone. Confirme que você concorda com o método após as mensagens de aviso e aguarde o fim do procedimento. Tenha certeza de que a sua conta da Microsoft também não está mais vinculada ao aparelho, já que ela armazena dados na nuvem.

Computadores desktop e laptop

Os métodos a seguir não precisam ser realizados se você utiliza um SSD, pois os discos sólidos têm os dados eliminados por completo quando deletados pelos métodos tradicionais. Além disso, reforçamos: salve todos os arquivos importantes em um dispositivo removível ou na nuvem, já que tudo será perdido com as restaurações.

Em computadores Windows em geral, é possível usar programas como o DBAN para apagar arquivos e dados, impedindo que eles sejam recuperados. Depois de rodar ele no computador, não se esqueça de instalar novamente o sistema operacional para o próximo dono da máquina.

Porém, existem métodos mais automáticos nas versões mais recentes do produto. No Windows 10, faça o seguinte caminho: Configurações > Atualização e Segurança > Recuperação. Lá, clique em "Restaurar o PC" e siga o passo a passo.

No Windows 8, outro método possível também envolve fazer a recuperação pelo sistema operacional. Clique no ícone "Configurações" a partir da Tela Iniciar, vá em "Atualização e recuperação" e depois em "Recuperação". O item que você deve selecionar é "Remover tudo e reinstalar o Windows". 

Para Mac, o método é parecido com o de limpeza de pendrives. Porém, em vez de selecionar o disco removível, escolha o disco rígido atualmente em uso por você.

Cupons de desconto TecMundo: