Laurene Powell Jobs, viúva de Steve Jobs, pode ter feito com que Christian Bale e Leonardo DiCaprio desistissem de interpretar o cofundador da Apple nos telões. De acordo com artigo publicado pelo The Hollywood Reporter (via The Verge), Powell conversou com ambos os atores e pediu que eles abandonassem o papel.

“Laurene Jobs tem tentado acabar com o filme desde o começo, ok?”, teria dito uma pessoa envolvida com a produção de “Steve Jobs”, que estreia nos EUA amanhã (9). “Laurene chamou Leo DiCaprio e disse: ‘não faça isso’. Laurene chamou Christian Bale e disse: ‘não fale isso’”, informou também o misterioso entrevistado ao periódico norte-americano.

Outro executivo da Sony teria dito ainda que a ex-mulher de Jobs tentou por várias vezes acabar com a produção do título. O que supostamente motivou Laurene a “sabotar” o filme desde quando não havia sequer elenco é o já comprovado descontentamento dela com o livro no qual “Steve Jobs” se baseia (a biografia oficial do pai da “Maçã” escrita por Walter Isaacson).

“[Ela] continuou dizendo o quanto não gostava do livro e afirmou que qualquer filme baseado nele não poderia ser ‘fiel’”, comentou o influente produtor de cinema Scott Rudin. “Toda uma geração vai pensar sobre [Jobs] de um jeito diferente se virem o filme, que o retrata de uma forma negativa”, disse Bill Campbell, amigo de Laurene e também executivo da Apple ao The Wall Street Journal.

Michael Fassbender já conquistou críticas positivas sobre seu desempenho como protagonista do filme que está prestes a entrar em cartaz. Não se sabe se Laurene exerceu algum tipo de influência sobre a produção para a escolha do Steve Jobs da vez.

...

Até que ponto filmes biográficos são realmente fiéis à vida dos personagens retratados? Comente no Fórum do TecMundo

Cupons de desconto TecMundo: