(Fonte da imagem: Reprodução/MacMagazine)

O diretor David Fincher, de “Clube da Luta”, não será mais o responsável por realizar um novo filme baseado na biografia de Steve Jobs, o cofundador da Apple. De acordo com site Hollywood Reporter, diferenças criativas entre o diretor e o estúdio, além de um desencontro financeiro entre ambos resultaram na substituição do diretor.

Segundo o site, Fincher teria pedido um cachê de US$ 10 milhões (o equivalente a R$ 22,1 milhões) para comandar o projeto, mesma quantia que ele teria recebido em 2011 por conta do filme “Millenium: Os Homens que Não Amavam as Mulheres”. Além disso, o diretor teria exigido o controle criativo do projeto, inclusive do marketing do filme.

Tanto a Sony, estúdio que detém os direitos sobre a biografia de Steve Jobs, escrita por Walter Isaacson, quanto David Fincher não comentam o fim da parceria. No ano passado, o filme “Jobs”, estrelado por Ashton Kutcher, também contou a história do criador da Apple nos cinemas.

Cupons de desconto TecMundo: