A plataforma de compartilhamento de arquivos de áudio e vídeo BitTorrent Bundle anunciou sua mais nova parceria. Junto da produtora Rapid Eye Studios, o seriado “Children of the Machine” promete atingir “um grupo influente de jovens criativos de 14 a 25 anos”. A empreitada conta com a assinatura do produtor Marco Weber e será lançada primeiramente via BitTorrent; quem decidir virar cliente “platinum” do serviço terá acesso antecipado ao conteúdo.

O lançamento do seriado está agendado para “algum momento de 2015” – vale lembrar que o “Filhos da Máquina”, em tradução direta, deveria ter chegado à plataforma em dezembro do ano passado. Assinantes terão a oportunidade de contratar o “pacote de platina” por US$ 9,95 para consulta a conteúdo exclusivo. O show inteiro, porém, vai estar disponível pela rede de forma gratuita.

A proposta

As histórias retratadas por “Children of the Machine” vão abordar temas relacionados à juventude (estima-se que cerca de 170 milhões de espectadores mensais sejam conquistados pela proposta da série). No teaser publicado pela BitTorrent, uma garota relata suas experiências a partir do uso de um “chip”. Ao vestir a lente de contato, a personagem confessa algumas de suas mais veladas atividades.

“Se meus pais descobrirem como realmente uso o 'chip', nunca me deixariam usá-lo”, diz a menina. “Consigo controlar o ambiente por meio da realidade aumentada e 'bagunçar tudo'. É a melhor experiência que já tive, e nada se compara a isso. Posso sentir praticamente qualquer emoção. E não há efeito negativo, nada é química. Tudo é natural. É como um sonho, mas de verdade”, diz a jovem.

“Children of the Machine” tem o objetivo de abordar os desdobramentos de alguns dos mais polêmicos temas da atualidade relacionados ao público juvenil. No clipe em xeque, um futuro não muito distante anuncia um “chip” que permite não apenas  o emparelhamento de apps ao dispositivo; interação entre ambientes virtual e físico e conexão com o sistema neural humano seriam outras das possibilidades.

Cupons de desconto TecMundo: