Adriel Sumathipala é um jovem de 16 anos que está entre os 20 finalistas da Google Science Project, competição online sobre ciência patrocinada pela Google, Lego, Virgin Galactic, National Geographic e Scientific American. Seu projeto consiste em uma impressora modificada capaz de realizar um processo rápido e acessível de diagnóstico precoce de doenças do coração.

O jovem conta que tudo começou quando, ao saber que seu avô havia morrido de um ataque cardíaco, começou a praticar exercícios físicos e controlar sua alimentação para minimizar as chances de desenvolver problemas de coração. Entretanto, para monitorar se os seus novos hábitos estavam fazendo algum efeito era necessário realizar uma série de exames caros e que demoravam muito para mostrar o resultado.

Com a ideia em mente e com a ajuda de seu professor de biologia, o jovem Sumathipala construiu um sistema capaz de analisar as lipoproteínas oxidadas de baixa densidade (LDLox), um biomarcador que possui uma forte relação com doenças cardíacas. O projeto completo e detalhado pode ser conferido neste link acessando o site oficial da competição.

Depois disso, ele hackeou uma impressora a laser e substituiu o espaço para os tôners de tinta por depósitos de enzimas e dois sensores para calcular a concentração de LDLox no sangue. De acordo com Sumathipala, este procedimento pode fornecer os resultados em questão de minutos, além de custarem aproximadamente R$ 0,07 centavos.

Cupons de desconto TecMundo: