A preocupação com o meio ambiente é um assunto que sempre está na pauta de cientistas, analistas, ambientalistas e, é claro, “cidadãos comuns”. E o aquecimento global é um tema discutido há décadas. O fato é que muitos cientistas acham que retardar esse aquecimento não é o bastante e que todos nós já devemos limpar a quantidade de CO2 no ar.

As soluções atualmente existentes, como o “sequestro” do carbono, não são ideais, de acordo com cientistas da Universidade de Princeton. Estratégias como o vácuo do ar também não funcionam. Os cientistas apareceram com uma proposta diferente: um sistema de fotossíntese que poderia, um dia, transformar o CO2 em elementos utilizáveis.

A ideia seria criar uma célula de eletrólise que transforma a água e converte CO2 em ácido fórmico, que comumente é utilizado em células de combustível experimentais. Para isso, os cientistas utilizaram painéis solares comerciais para energia, cuidadosamente combinaram a corrente à célula e depois as empilharam, resultando num sistema com 2% de eficiência. Pode não ser muito, mas facilmente supera métodos anteriores de fotossíntese artificial e já mostra uma luz no fim do túnel.

Cupons de desconto TecMundo: