Não é de hoje que as moscas são alvos de experimentos de controle mental. Mas um laser desenvolvido pelo Dr. Andrew Straw e sua equipe no Instituto de Patologia Molecular de Viena conseguiu resultados bastante curiosos (para não dizer engraçados) ao comandar esses insetos.

A máquina, com o nome característico de FlyMAD, utiliza uma câmera para acompanhar a posição das cobaias. Então, o equipamento lança uma combinação de lasers optogenéticos e termogênicos no cérebro da criatura. Como resultado, a equipe conseguiu não apenas fazer a mosca pousar em pleno voo, como também cantar (não me pergunte como uma mosca faz isso) e dançar.

Assim como em outro experimento feito por um grupo diferente de cientistas, tudo isso vem do comportamento dos insetos de cortejar uma fêmea, com a diferença de que o método utilizado por Straw tem menores chances de matar as criaturas. No futuro, porém, a equipe pretende usar o FlyMAD para controlar esses insetos ainda mais, inibindo ou instigando outros comportamentos.

Controlar moscas? Um futuro distante, por enquanto

Antes que você comece a pensar que temos a solução para acabar com aquelas moscas irritantes que entraram em sua casa, avisamos que, infelizmente, a solução não é tão fácil. Em primeiro lugar, porque o sistema só funciona nas famosas “moscas de fruta”; segundo porque mesmo elas precisaram ser geneticamente alteradas para se tornarem mais suscetíveis aos lasers. Mas ao menos estamos um passo mais perto.

Cupons de desconto TecMundo: